Literatura

Augui: Livros interativos devolvem magia ao mundo

A editora Lêleh Land acaba de lançar uma série de livros interativos para iPad onde a feiticeira Augui onde as crianças são estimuladas a interagir com a estória. A série inicia-se com dois livros: "Augui e o Mistério do Vale das Fadas" (gratuito) e
Versão para impressão
A editora Lêleh Land acaba de lançar uma série de livros interativos para iPad onde a feiticeira Augui desafia as crianças a interagir com a estória para devolver a magia ao mundo. A série inicia-se com dois livros: “Augui e o Mistério do Vale das Fadas” (gratuito) e “Augui e a Poção da Chuva” (3,59 euros).
 
Nestes livros interativos os jovens leitores são convidados a ajudar a Augui a encontrar um ingrediente raro em cada história, ao longo de toda a série. Cada ingrediente representa um valor humano: Amor, Paz, Respeito, Coragem, Verdade, Amizade e Lealdade.

A estória interativa “Augui e o Mistério do Vale das Fadas” (disponível gratuitamente na App Store da Apple) revela o que aconteceu às fadas no Vale das Fadas e o segredo para as salvar. Nesta aventura, os mais novos podem ajudar a trazer a magia de volta ao mundo.

Já na aventura “Augui e a Poção da Chuva“, que está disponível por 3,59 euros, os mais novos têm que ajuda a feiticeira a curar Feelu, uma menina que não consegue parar de chorar, escolhendo várias opções.

 

Os livros interativos da feiticeira Augui, lançados em parceria com a tecnológica portuguesa IT People, são recomendados para crianças dos 4 aos 6 anos (com assistência de adulto) e dos 7 aos 10 anos (sem ajuda) e estão disponíveis tanto em português e como em inglês.

 
As histórias oferecem interatividade e navegação intuitiva adequada a todas as idades, uma página de Menu que muda ao longo do dia e oferece surpresas sazonais e onde a Augui comunica diretamente com a criança, ilustrações, música original e efeitos sonoros, efeito 'karaoke' para facilitar a leitura, bem como a possibilidade de ligar ou desligar a narração.
 
Um dos cuidados da Lêleh Land, ao desenvolver estas aplicações, foi a segurança da privacidade das crianças. Para isso, decidiu não incluir ligações à internet, anúncios, redes sociais ou compras integradas nas suas aplicações. As crianças têm acesso somente à história da feiticeira Augui.
 
O projeto Augui inclui ainda um website bílingue, especialmente desenhado para as crianças, onde estas podem e explorar os lugares do Monte Abacaba.
 
Sobre a autora

Sofia Caessa nasceu em Lisboa e viveu a sua infância entre os canais da Holanda, os arranha-céus de São Paulo e as praias de Cascais. Em Portugal, escreveu uma história infantil para o lançamento de um novo gelado da Olá para crianças. A curta-metragem “Should the Wife Confess?”, que escreveu e produziu, esteve presente em vários festivais de cinema tendo aberto a secção “Culinary Cinema” do Festival de Berlim em 2012.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close