Cultura

Astérix comemora 50 anos em Portugal

NULL
Versão para impressão

Portugal foi o primeiro país não francófono a publicar as aventuras do pequeno guerreiro gaulês Astérix e do seu amigo Obélix, já lá vão 50 anos.

A dupla, que defende a irredutível aldeia contra as tropas romanas de Julio César com a ajuda da poção secreta, apareceu nas páginas da revista Foguetão precisamente a 4 de maio de 1961.

René Goscinny e Albert Uderzo deram a conhecer o universo de Astérix a 29 de Outubro de 1959, nas páginas da revista francesa Pilote, e dois anos depois aparecia traduzido e publicado em português.

A primeira história de Astérix e do resto das personagens onde se conta o druida Panoramix, o bardo Cacofonix ou o pequeno cão Ideafix foi publicada depois em álbum em Portugal em 1967 com o título “Astérix, o Gaulês”.

Atualmente, Astérix ainda é uma das personagens de banda desenhada de maior sucesso com mais de 300 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e disponíveis em mais de uma centena de línguas e dialetos, incluindo o mirandês, além de várias adaptações para cinema.

Em Portugal, a editora ASA tem sido nos últimos anos a responsável pela publicação das histórias de Astérix, tendo procedido à reimpressão de 22 álbuns e a edição de novos títulos.

Fonte do grupo editorial Leya disse à agência Lusa que, para assinalar os 50 anos da publicação, serão editados livros sobre as principais personagens.
A chancela está ainda a preparar o lançamento do site Astérix em Portugal, que deverá estar disponível na Internet em junho.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close