Cultura

Artista britânico constrói peça de cortiça no Kew Garden

A mais recente obra do artista David Nash foi inteiramente construída com cortiça portuguesa. A peça integra uma extensa exposição ao ar livre que o escultor inaugurou dia 09 Junho, no famoso jardim botânico Kew Gardens, em Londres, e que foi pre
Versão para impressão
A mais recente obra do artista David Nash, uma gigantesca escultura a que deu o título “Cork Dome”, foi inteiramente construída com cortiça portuguesa. A peça integra uma extensa exposição ao ar livre que o escultor inaugurou dia 09 Junho, no famoso espaço botânico Kew Gardens, em Londres, e que foi preparada ao longo de vários meses.

O artista David Nash interessou-se pelo material quando, no ano passado, visitou o nosso país, mais concretamente a Herdade da Maroteira, localizada no Redondo. Fonte da herdade, que produz cortiça entre outros produtos, explicou ao Boas Notícias que, na altura, o artista se interessou muito pelo processo de produção da cortiça.

“Ele esteve cá no início do descortiçamento [por volta de Maio] e quis saber tudo sobre o material em si, as árvores, o método de recolha da cortiça, as marcações… Depois acabou por decidir construir uma escultura em cortiça”, conta a fonte da herdade.

Para a sua peça, o artista encomendou à Herdade da Maroteira cerca de seis mil quilos de cortiça que seguiram para Londres em camiões. O artista foi particularmente exigente ao nível do formato das peças usadas, pedindo placas de cortiça completas e sem falhas para construir a sua obra.

No site do Jardim Botânico britânico pode ser ler-se que esta é a escultura com a qual David Nash está “mais entusiasmado”. “O trabalho foi construído integralmente dentro do jardim e é a primeira peça que David constrói com cortiça (em vez de madeira). David inspirou-se a criar esta escultura quando visitou Portugal”, lê-se ainda no site do Kew Gardens.

Neste momento, a peça de cortiça integra uma exposição que, ao todo, contém 13 obras do artista. Com mais de 40 anos de carreira, David Nash tem, ao longo do seu percurso, usado sobretudo a maderia como matéria-prima, um material que trabalha com recurso a um machado e uma serra elétrica.

Clique AQUI para visitar o site do Kew Gardens com mais info sobre esta exposição.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close