Inovação e Tecnologia

Arquivo de Einstein será digitalizado

O arquivo de Albert Einstein será digitalizado e posto online dentro de um ano, conforme anunciou esta segunda-feira a Universidade Hebraica de Jerusalém.
Versão para impressão
O arquivo de Albert Einstein será digitalizado e posto online dentro de um ano, conforme anunciou esta segunda-feira a Universidade Hebraica de Jerusalém.

Einstein, que morreu em 1955, doou os seus arquivos a esta universidade que ajudou a fundar. O arquivo contém mais de 80 mil documentos do cientista judeu, nascido na Alemanha.

“É a coleção mais importante dos arquivos de Einstein e uma parte importante da história do século XX”, nota Roni Grosz, diretor do Arquivo Albert Einstein da Universidade Hebraica à Reuters.

O site ainda em construção irá, assim, alojar os documentos que variam entre blocos de pesquisa, correspondência com colegas e amigos bem como ensaios do próprio sobre ciência, filosofia e política.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close