Cultura

Arquitetura: Ateliê português premiado em Veneza

O estúdio de arquitetura português ateliermob foi um dos três vencedores do Prémio Future Cities, uma exposição em Veneza, Itália. O certame, paralelo à Bienal de Arquitetura daquela cidade, contou com mais de 100 participações internacionais.
Versão para impressão
O estúdio de arquitetura português ateliermob foi um dos três vencedores do Prémio Future Cities, uma exposição em Veneza, Itália. O certame, paralelo à Bienal de Arquitetura daquela cidade, contou com mais de 100 participações provenientes de diversos países.

O ateliermob, estúdio de arquitetura com sede em Lisboa, foi um dos três premiados da exposição Future Cities, dedicada ao tema “Planning for the 90 per cent” e inaugurada na passada segunda-feira.

O projeto luso galardoado, intitulado “Working with the 99%”, diz respeito a um reposicionamento da prática de arquitetura como resposta urgente ao discurso que transmite a ideia de um país adiado e sem futuro”, refere o estúdio português em comunicado divulgado esta quinta-feira.

O caso de estudo levado a Veneza é relativo a um trabalho que o ateliermob tem vindo a desenvolver no Bairro da Prodac, em Chelas. Em conjunto com a associação de moradores e com o apoio da Câmara, está a ser realizado um projeto que visa legalizar e detetar situações de risco naquele bairro construído pelos moradores há mais de 40 anos.

A par do ateliermob, formado pelos arquitetos Andrea Salavessa, Tiago Mora Saraiva, Vera João, Joana Bastos, Sara Campagna e Elisa Ioime, houve outros dois projetos conquistaram o Prémio Future Cities. Os restantes trabalhos galardoados são da autoria do Secretariado de Habitação do Município de São Paulo, no Brasil, e da associação de promoção social Interazioni Urbane, em Itália.

De acordo com a Lusa, os projetos contemplados pelo Prémio foram selecionados por um painel de jurados composto por vários especialistas da área. Destacam-se os nomes de Anna Detheridge, da Connecting Cultures, Joseph Grima, editor da revista Domus, Fulvio Irace, da Universidade de Milão e Mary Jane Jacob, diretora da Escola de Artes do Instituto de Chicago.

A exposição do Prémio Future Cities decorre até dia 1 de Setembro nos Magazzino Gardini, paralelamente ao desenrolar da 13ª edição da Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza.

Clique AQUI para aceder à página do ateliermob.

[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes e Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close