Mundo

Ar condicionado artesanal refresca milhares de casas

Experimente soprar para a sua mão de duas maneiras: com a boca em forma de ?O? muito fechado e com a boa aberta. Sentiu diferença? Quando passa por uma saída estreita o ar arrefece. Com base neste conceito uma agência criou um ar condicionado artesan
Versão para impressão
Experimente soprar para a sua mão de duas maneiras: com a boca em forma de “O” muito fechado e com a boa aberta. Sentiu diferença? Quando passa por uma saída estreita o ar arrefece. Com base neste conceito uma agência criou um ar condicionado artesanal que gasta Zero energia além de reciclar materiais.
 
A maior parte das casas das zonas rurais do Bangladeche são feitas de chapa de metal e chegam a atingir, no verão, temperaturas superiores a 45° celsius.
 
Baseado num esquema artesanal muito fácil de construir, o Eco-Cooler trabalha sem eletricidade conseguindo reduzir as temperatura em até 5° celsius.
 

O sistema idealizado pela agência de publicidade Grey Dhaka, em parceria com uma empresa social local, consiste em criar painéis com buracos onde se colocam garrafas de plástico cortadas. Ao passar pelo gargalo estreito das garrafas o ar arrefece. Estes painéis são colocados no lugar das janelas permitindo uma circulação de ar pelo interior da casa.
 
O esquema de montagem do Eco-Cooler vai ser disponibilizado online para que qualquer pessoa o possa replicar. “Os materiais de construção dos Eco-Coolers são todos fáceis de encontrar e recicláveis pelo que esta é uma solução económica e amiga do ambiente”, diz Syed Gousul Alam Shaon, sócio da agência Grey Dhaka, num comunicado de imprensa. 
 

Image and video hosting by TinyPic


A agência afirma que já instalou este sistema em cinco aldeias do Bangladeche refrescando o dia a dia de milhares de pessoas.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close