Inovação e Tecnologia

App de fotos mais segura do mundo é portuguesa e grátis

A aplicação para guardar fotografias no telemóvel com segurança chama-se SafeCloud e consegue, por cada foto guardada pelo utilizador, produzir dois ou mais pedaços de informação que espalha por serviços diferentes de armazenamento online, tornando o
Versão para impressão

A melhor aplicação para guardar fotografias no telemóvel com segurança chama-se SafeCloud e consegue, por cada foto guardada pelo utilizador, produzir dois ou mais pedaços de informação que espalha por serviços diferentes de armazenamento online, tornando os dados invioláveis.

A aplicação foi criada por um grupo de investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e vai estar disponível para download gratuito em sistemas Android e iOS a partir desta quinta-feira, dia 08.

Num comunicado da FEUP, a equipa de investigação salienta que os serviços que servem para armazenar fotos, como o “Google Drive, Dropbox, OneDrive, entre outros, não são seguros, tal como revelou Edward Snowden, o assistente técnico da CIA que em 2013 revelou os programas de vigilância dos EUA”.

Já a SafeCloud protege todos os bites de informação. “Cada pedaço em que a fotografia fica dividida não revela nenhuma informação sobre a foto, que só pode ser acedida nos nossos dispositivos, pois apenas estes têm acesso simultâneo a todos os pedaços”, explica Francisco Maia, investigador do Laboratório de Software Confiável (HASLab) do INESC TEC e um dos responsáveis pelo desenvolvimento da app.

Maia acrescenta ainda que "não existe, neste momento, nenhuma aplicação no mercado que ofereça o mesmo nível de segurança oferecido pela SafeCloud Photos."

De acordo com o investigador, apesar do foco principal da app ser a privacidade, a aplicação pretende oferecer um serviço completo, permitindo ao utilizador beneficiar de uma privacidade elevada sem ter de abdicar das possibilidades já oferecidas por outras aplicações no mercado.

O desenvolvimento desta app está a decorrer no âmbito do projeto europeu SafeCloud, liderado pelo INESC TEC, e que vai contar com €3M da Comissão Europeia para combater a violação de dados privados quando se utilizam serviços como os da Google ou da Microsoft.

Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close