Cultura

Antropólogo vai resgatar cultura da Gronelândia

O antropólogo britânico Stephen Pax Leonard vai viver um ano numa comunidade da Gronelândia, na tentativa de registar a sua língua e as suas tradições, para que estas não desapareçam totalmente.
Versão para impressão
O antropólogo britânico Stephen Pax Leonard vai viver um ano numa comunidade Inughuit – ou Inuit – da Gronelândia, na tentativa de registar a sua língua e as suas tradições, para que estas não desapareçam totalmente.

Segundo o especialista, as populações do nordeste da Gronelândia sofrem cada vez mais pressões políticas e ambientais para se deslocarem para sul: “A comunidade tem cerca de 10 a 15 anos para continuar na localidade onde vivem atualmente; o clima e a política irão forçar a sua deslocação para sul, onde vão assimilar uma cultura radicalmente diferente, vão ser integrados numa comunidade muito maior e, assim, o seu estilo de vida vai perder-se”, contou o antropólogo à CNN.

A língua Inuit é falada por cerca de mil pessoas e não está documentada. Por isso, Stephen levará consigo gravadores de áudio que sejam resistentes às condições extremas do clima da Gronelândia, para produzir uma “etnografia da linguagem”.

O antropólogo da Universidade de Cambridge, em Inglaterra, pretende também integrar-se no modo de vida da comunidade Inuit, que subsistem essencialmente graças à pesca. Stephen espera poder juntar-se a essas caçadas, se os homens Inuits assim o permitirem, confessa à CNN.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close