Cultura Em Destaque

“António e Catarina” de Cristina Hanes vence Pardino d’Oro do Festival de Cinema de Locarno

O documentário português “António e Catarina” de Cristina Hanes foi galardoado na 70ª edição do Festival de Locarno com o Pardino d'Oro, prémio máximo da secção competitiva Pardi di domani: Concorso internazionale.
Versão para impressão
por redação

“António e Catarina” teve a sua estreia mundial no passado dia 10 de agosto naquela cidade suíça. O filme, produzido pela Terratreme e realizado durante três anos na sequência de um mestrado no âmbito do programa transeuropeu DocNomads, retrata a relação entre dois estranhos – um homem de 70 anos e uma mulher de 25 anos – que, trancados num quarto, negociam as condições da sua relação.

“Este filme é uma viagem com Augusto, um homem 45 anos mais velho que eu, que conheci acidentalmente. Nesse momento, impressionada pela sua figura sedutora e enigmática tirei-lhe uma fotografia. Enquanto caminhávamos numa avenida de Lisboa, ele sussurrou-me ao ouvido ‘vamos dar as mãos e imaginar que estamos em Paris’. Encontrámo-nos durante três anos no quarto dele, movidos pelo desejo de estarmos juntos. Através do cinema, eu pude preservar momentos fugazes dos nossos encontros. Quando terminei o filme fui surpreendida pela notícia da morte de Augusto e percebi que tínhamos partilhado os últimos três anos da vida dele”, explica a realizadora.

Tiago Hespanha, produtor do filme laureado, refere que “a diferença de idades, de línguas e histórias foram as condições que tornaram um encontro tão improvável numa potente relação cinematográfica. Cristina explora temas tão universais como o desejo, o amor, a amizade e a morte. Receber o Pardino d’Oro em Locarno é um reconhecimento extraordinário que vem premiar um filme simples movido pela urgência e o instinto de uma realizadora jovem com uma grande sensibilidade e enorme talento”.

Cristina Hanes nasceu em 1991 na Roménia e concluiu o mestrado em Realização de Documentário em 2016 no DocNomads. Em 2013, acabou a licenciatura em Cinematografia em Cluj-Napoca, na Roménia. Os seus filmes de escola foram selecionados para o DocLisboa, MakeDox, Astra Film Festival, Transylvania IFF, DocuArt. Participou no Workshop Aristoteles em 2013, apoiado pelo ARTE France, Transylvania Talent Lab, One World Romania Workshop by Rada Sesic. Atualmente, está a trabalhar na sua primeira longa-metragem.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close