Cultura

“Aniki Bobó” volta às salas de cinema

A versão restaurada de "Aniki Bobó" (1942), a primeira longa-metragem de Manoel de Oliveira, estará em exibição nas salas ZON Lusomundo, em Lisboa e no Porto, na próxima quinta feira, 8 de dezembro. Nesse mesmo dia, o filme será também editado, pela
Versão para impressão
A versão restaurada de “Aniki Bobó” (1942), a primeira longa-metragem de Manoel de Oliveira, estará em exibição nas salas ZON Lusomundo, em Lisboa e no Porto, na próxima quinta feira, 8 de dezembro. Nesse mesmo dia, o filme será também editado, pela primeira vez, em DVD, noticia a agência Lusa.

Este regresso do clássico do cinema português ao grande ecrã acontece em vésperas do 102º aniversário de Manoel de Oliveira, o mais velho realizador ainda em atividade e que já prepara o seu novo filme, adianta o produtor Luís Urbano à Lusa.

Quanto à edição de “Aniki Bobó” em DVD, fonte da ZON Lusomundo adianta que serão incluídas três versões do documentário “Douro, Faina Fluvial”: a versão original em cinema mudo (1931), outra com música de Luiz de Freitas Branco (1934), que será agora exibida nos cinemas como complemento da longa-metragem, e também com música de Emmanuel Nunes (1994).

“Aniki Bobó” baseia-se no conto “Meninos Milionários”, de Rodrigues de Freitas, e retrata as aventuras e os amores de um grupo de crianças do Porto. O filme conta a história de dois rapazes, Carlitos (Horácio Silva) e Eduardinho (António Santos), que gostam da mesma rapariga, Teresinha (Fernanda Matos).

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close