Ambiente

AMI: Arranca reciclagem de Radiografias

NULL
Versão para impressão

Pelo 16º ano consecutivo, a Assistência Médica Internacional (AMI) lança, esta terça-feira, mais uma Campanha de Reciclagem de Radiografias. Até dia 05 de julho é possível entregar em qualquer farmácia as radiografias com mais de cinco anos ou sem valor de diagnóstico.

Segundo a AMI, as radiografias serão posteriormente recolhidas e recicladas para a extração dos sais de prata que contêm.

“Além de permitir encaminhar de forma racional este tipo de material, o projeto serve os quatro pilares da AMI, já que alerta consciências e cria riqueza para os projetos da AMI nas áreas da Assistência Médica, Ação Social e Ambiente em Portugal e no Mundo”, refere a organização.

Segundo o site da organização, a AMI introduziu em Portugal a ideia de recolher resíduos para angariação de fundos em 1996, através do projeto de Reciclagem de Radiografias. Entretanto, a Fundação ampliou a iniciativa a outros resíduos, como os consumíveis informáticos, os telemóveis, os óleos alimentares usados e os equipamentos elétricos e eletrónicos

Atualmente a AMI recupera:

– Radiografias da qual se extraem sais de prata
– Toners e consumíveis informáticos que podem ser reutilizados até 6 vezes
– Telemóveis que podem ser reparados e reentrar na rede comercial de usados
– Óleos alimentares usados que podem ser transformados em biodiesel
– Equipamentos elétricos e eletrónicos cujas peças podem ser reutilizadas
Foram ainda lançados recentemente dois projetos complementares:
– Gestão documental associada à proteção de dados pessoais e confidenciais, assegurando a destruição correta
– Promoção da utilização de mobiliário urbano reciclado, 100% fabricado a partir de plástico reciclado

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close