Negócios e Empreendorismo

Alentejo possui “graus impressionantes” de ouro

Foram descobertos "graus impressionantes" de ouro "perto da superfície" no Alentejo. O anúncio foi feito pela empresa canadiana Colt Resources, que está a desenvolver prospeções.
Versão para impressão
Foram descobertos “graus impressionantes” de ouro “perto da superfície” no Alentejo. O anúncio foi feito pela empresa canadiana Colt Resources que se encontra, atualmente, a desenvolver prospeções daquele metal precioso na Boa-Fé, concelho de Évora.
 
Em comunicado divulgado esta quarta-feira, a empresa anuncia já ter na sua posse os resultados analíticos finais correspondentes a amostras das sete sondas de perfuração instaladas naquela zona alentejana.
 
Nikolas Perrault, presidente e diretor executivo da Colt Resources, afirmou que “as perfurações na Boa-Fé continuam a revelar graus impressionantes de ouro junto à superfície” e acrescentou que “estes dados serão incluídos na estimativa inicial de recursos do projeto, que deverá ficar concluída até final do mês”.
 
O responsável relembrou ainda a confiança da empresa no potencial regional, que levou à decisão de dar início a uma campanha extensa de exploração. Esta terá lugar na concessão de Montemor-o-Novo, que dispõe de um total de 47 quilómetros quadrados e integra a licença na zona da Boa-Fé.
 
Os trabalhos vão agora continuar com a realização de perfurações mais profundas com o objetivo de “testar a extensão de depósitos [minerais de ouro] conhecidos”. Além disso, garante Perrault, a empresa vai continuar com a “fase avançada” da sua “campanha de exploração” na Boa-Fé, com várias perturbações.
 
Recorde-se que a Colt Resources assinou, através de uma “joint-venture” com a Iberian Resources, um acordo com o Governo português com vista à concessão experimental de ouro nas freguesias alentejanas de Santiago do Escoural (Montemor-o-Novo) e de Nossa Senhora da Boa-Fé (Évora).
 
O acordo foi assinado em Novembro do ano passado e comporta um investimento previsto de três milhões de euros durante três anos.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da Colt Resources (em inglês). 

[Notícia sugerida por Diana Rodrigues]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close