Mundo

Alemanha: Pescador encontra mensagem com 101 anos

Em Kiel, na Alemanha, um pescador encontrou uma garrafa com uma mensagem escrita há 101 anos. A mesma encontra-se assinada com a data de 17 de Maio de 1913, com o nome de Richard Platz e respetiva morada, o que foi suficiente para identificar a neta
Versão para impressão
Em Kiel, na Alemanha, um pescador encontrou uma garrafa com uma mensagem escrita há 101 anos. A mesma encontra-se assinada com a data de 17 de Maio de 1913, com o nome de Richard Platz e respetiva morada, o que foi suficiente para identificar a neta do autor, atualmente com 62 anos. 
 
A descoberta aconteceu o mês passado, em Kiel, quando Konrad Fischer pescava no Mar Báltico, se deparou com uma garrafa de cerveja e a apanhou para a deitar no lixo. “Estava com ela na mão, mas entretanto um colega meu diz-me que ela tinha qualquer coisa lá dentro”, conta o pescador ao jornal local 'The Kieler Nachrichten'.
 
O que nunca pensou foi que se tratasse de uma mensagem tão antiga e como aquela que encontrou no interior. Datada de 17 de Maio de 1913, a carta estava assinada por Richard Platz, filho de um padeiro, que terá atirado a garrafa ao mar durante uma caminhada com um grupo de apreciadores da natureza. 
 
A garrafa e respetivo conteúdo foram, depois, entregues ao Museu Marítimo Internacional de Hamburgo. “Esta é provavelmente a primeira vez que se encontra uma mensagem tão antiga, ainda para mais numa garrafa praticamente intacta”, conta Holger von Neuhoff, porta-voz daquela instituição onde a mensagem se encontra, agora, em exposição. 
 
Assim que identificaram Richard Platz como o autor da carta, os especialistas do museu tratarm de localizar possíveis familiares, acabando por encontrar a sua neta, Angela Erdmann, atualmente com 62 anos e residente em Berlim.
 
A mulher viu o postal e a garrafa pela primeira vez a semana passada, no museu de Hamburgo, e admite ter ficado com vontade de saber mais sobre a vida do avô, que não chegou a conhecer. Para já sabe-se que Platz teria 20 anos quando escreveu a carta, tendo falecido em 1946, aos 54 anos.
 
O postal e a garrafa vão estar expostos no Museu Marítimo Internacional de Hamburgo até dia 1 de Maio, sendo depois sujeitos a análises de especialistas, para decifrar o conteúdo da mensagem que ficou ilegível com o tempo e com a humidade.

Notícia sugerida por Elsa Martins, Elsa Fonseca, Maria da Luz e António Resende

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close