Sociedade

Alemanha e Inglaterra precisam de enfermeiros lusos

Os enfermeiros portugueses continuam a estar entre os mais procurados lá fora. Agora, o interesse chega da Alemanha e de Inglaterra.
Versão para impressão
Os enfermeiros portugueses continuam a estar entre os mais procurados lá fora. Agora, o interesse chega da Alemanha e de Inglaterra, nomeadamente de uma rede de cooperação de lares de assistência contínua em Berlim e de uma empresa nacional da área dos recursos humanos qcom vagas em Inglaterra.
 
A rede de lares alemã Wilmersdorfer Seniorenstiftung quer recrutar enfermeiros portugueses “motivados e empenhados no exercício das suas funções” que, além do diploma do curso de enfermagem, tenham satisfação na relação com idosos, competências sociais e técnicas, capacidade de resistência e flexibilidade.
 
Além disso, esclarece o anúncio, as competências nas tecnologias de informação e comunicação na ótica do utilizador também são apreciadas, sendo que uma primeira experiência em cuidados continuados ou geriatria em regime de internamento constitui uma vantagem significativa para a escolha. 
 
Como contrapartida, a companhia oferece cerca de seis meses de curso intensivo de alemão (a tempo inteiro). Durante o curso, os trabalhadores terão direito 300 euros mensais para ajudas de custo, passe para os transportes públicos e alojamento. 
 
Após os seis meses de aprendizagem da língua, será efetuado contrato de trabalho com remuneração mínima de 1.500 euros líquidos como auxiliar de geriatria durante o período de reconhecimento legal, pela Alemanha, do Diploma de Formação Profissional obtido em Portugal. 
 
Depois de concluído o curso, a empresa garante um contrato de trabalho como enfermeiro com uma duração mínima de três anos e remuneração mínima de 2.150 euros mensais. Além disso haverá possibilidade de progressão na carreira, tanto no lar, como na empresa.
 
Os interessados deverão candidatar-se online através DESTE site ou, em alternativa, enviar o currículo por escrito para Wilmersdorfer Seniorenstiftung – Mrs. Nickoll, Lentzeallee 2-4 14195 Berlin/Germany.

Go Work também procura enfermeiros portugueses
 
Outra empresa que procura os serviços de enfermeiros portugueses é a Go Work, uma companhia portuguesa especializada em recursos humanos que quer contratar profissionais para trabalhar no Reino Unido, tanto em áreas rurais como urbana.
 
Os candidatos deverão ser licenciados em enfermagem geral, pelo menos um ano de experiência e conhecimentos elevados de inglês. Além disso, é exigido o registo no Nursery and Midwifery Council do Reino Unido. 
 
A carga horária semanal está entre as 36-38 horas semanais, variando o salário entre as 10,65 e as 12 libras (entre os 12 e os 15 euros) por hora. Após descontados os impostos, o salário será, no mínimo, de 1.800€, podendo ascender aos 1.900€ e ser aumentado com o passar do tempo de acordo com a lei do Reino Unido.
 
Quanto ao alojamento, é também garantido pela empresa mediante o pagamento de 60 a 95 libras por semana (entre 75 e 112 euros por semana), consoante o tipo de habitação e o facto de ser individual ou partilhado.
 
Os candidatos devem enviar o currículo através do SITE Go Work (bastando preencher o campo de pesquisa com a palavra 'Enfermeiro' para encontrar a oferta) ou, em alternativa, contactar diretamente os responsáveis através do número 00315 211 546 040.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close