Ciência

Ajudar a cuidar da casa torna homens mais felizes

Participar nas tarefas domésticas e dividi-las com a mulher torna os homens mais felizes, aumentando o bem-estar e gerando um maior equilíbrio nas suas vidas. A conclusão é de um estudo da Universidade de Cambridge.
Versão para impressão
Participar nas tarefas domésticas e dividi-las com a mulher torna os homens mais felizes, aumentando o bem-estar e gerando um maior equilíbrio nas suas vidas. A conclusão é de um estudo da Universidade de Cambridge, que mostra que, quando o ato de cuidar da casa é partilhado, as discussões diminuem e a felicidade no lar aumenta.
 
A equipa envolvida na investigação, coordenada pela socióloga Jacqueline Scott que publicou um livro sobre este e outros temas do género, admitiu que esperava encontrar maiores conflitos e mal-estar nos casos em que os homens ajudavam nas lides domésticas. Porém, o que encontraram foi exatamente o oposto.
 
“Este facto pode dever-se à defesa da igualdade por parte dos homens, o que o faz sentir desconfortáveis se for a mulher a fazer a maioria do trabalho, inclusive porque as mulheres se têm tornado cada vez mais assertivas e mostrado maior insatisfação perante a preguiça dos parceiros”, explicam os autores.
 
O estudo sugere, portanto, que os maridos e namorados se sentem culpados quando a parceria tem a seu cargo todo o trabalho doméstico, o que causa lhes causa incómodo e afeta o bem-estar geral. 
 
“Ao contrário do que podíamos esperar, são os homens e não as mulheres que mais beneficiam de uma divisão menos tradicional do trabalho doméstico”, acrescenta Scott e os colegas. 
 
Os resultados afastam-se, assim, dos da maioria dos estudos semelhantes, que, no geral, apontam que, apesar do avanço das mulheres em termos de educação e carreira, os homens continuam a permitir que as esposas e companheiras mantenham a seu cargo grande parte do trabalho doméstico.
 
O estudo desenvolvido pela Universidade de Cambridge baseou-se nos resultados do Estudo Social Europeu, um inquérito financiado por Bruxelas que engloba cerca de 30.000 pessoas em 34 países diferentes e que pergunta aos homens quanto tempo despendem com tarefas como cozinhar, limpar, fazer compras e cuidar da casa. 
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close