Saúde

Água da torneira em Portugal é de excelente qualidade

NULL
Versão para impressão
 A água para consumo humano em Portugal é de excelente qualidade. A conclusão é da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos que publicou, esta sexta-feira, o relatório anual sobre o “Controlo da Qualidade da Água para Consumo Humano”.
 
A qualidade da água para o consumo humano em Portugal continua a apresentar “consistentemente uma excelente qualidade”, aponta o relatório referente ao ano de 2010, da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos(ERSAR).
 
Segundo o documento, a água da torneira assinalou uma “percentagem de cumprimento dos valores paramétricos na torneira do consumidor de praticamente 98%”. A ERSAR sublinha que esta “é uma evolução muito positiva que se tem verificado nos últimos anos”.
 
Segundo a ERSAR, as melhorias verificadas são ainda mais relevantes, já que o controlo de qualidade é mais exigente.
 
Esta exigência tem vindo a desenvolver-se no que diz respeito à implementação de legislação dos diversos atores envolvidos – ERSAR, entidades gestoras, autoridades de saúde e laboratórios de análises.
 
Qualidade tem vindo a crescer

 
De acordo com a ERSAR, nos últimos dezassete anos a percentagem de água controlada e de boa qualidade tem vindo a crescer “de uma forma contínua”.
 
Em 2010, 97,71 por cento da água é de boa qualidade, o que difere, por exemplo, dos valores da década dos anos 90, em que apenas 50 por cento da água era analisada e controlada pela ERSAR.
  
Portugal tem uma percentagem elevada de “cumprimento dos valores paramétricos”, fator que coloca o nosso país ao nível de outros países da Europa Ocidental.
 
A entidade reguladora salienta que os 2 por cento de incumprimento dos valores paramétricos da água são “as bactérias coliformes, a Escherichia coli, os enterococos, o pH, o ferro, o manganês e o arsénio”. 

Os incumprimentos são detetados sobretudo em localidades do interior – onde se registam carências de recursos humanos, técnicos e financeiros – em zonas de abastecimento que servem menos de cinco mil habitantes. 

Para estas situações, a ERSAR “possui um sistema de acompanhamento dos incumprimentos dos valores paramétricos que permite um conhecimento num período máximo de 24 horas”, após a ocorrência, o que, por si só, facilita a resolução.

Clique AQUI para aceder ao site da ERSAR.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close