Sociedade

África Austral quer empresas portuguesas

A presidente do grupo financeiro moçambicano Whatana, Graça Machel, defendeu a necessidade de as empresas portuguesas alargarem a sua atividade a toda a zona austral de África, durante a sua estadia no nosso país a convite do AICEP - Agência para o I
Versão para impressão
A presidente do grupo financeiro moçambicano Whatan, Graça Machel, defendeu a necessidade de as empresas portuguesas alargarem a sua atividade a toda a zona austral de África, durante a sua estadia no nosso país a convite do AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

À agência Lusa, Graça Machel defendeu a necessidade de as empresas portuguesas alargarem a sua atividade a toda a zona austral de África, após um encontro com o primeiro ministro José Sócrates.

“Portugal fez um grande avanço nos últimos tempos nas tecnologias de informação, nas energias renováveis. Portugal é uma referência no mundo em várias áreas de interesse que são de total interessa para nós como países e como região. É isso que gostaríamos que soubessem, que têm nesta região excelentes oportunidades de negócio”, disse.

“O que nós oferecemos é uma oportunidade de as empresas portuguesas entrarem para a África do Sul e, a partir daí, expandirem-se para a Zâmbia, Zimbabué, Tanzânia, Namíbia e porque não mesmo países pequenos como a Suazilândia e outros (.) As áreas são ilimitadas. Tudo vai depender da apetência que o empresariado português tiver para investir na África Austral porque pode ser em tudo”, apontou.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close