Ambiente

Açores: Projeto quer tornar Graciosa livre de CO2

NULL
Versão para impressão
Uma empresa alemã, com a parceria do Governo dos Açores, vai arrancar com um projeto que pretende tornar a ilha Graciosa livre de energias não renováveis. Em 2012, as energias solar e eólica representarão 80% dos recursos energéticos da ilha.

O projeto foi lançado pela empresa alemã “Younicos” que desenvolve sistemas de armazenamento e soluções em rede para providenciar eletricidade segura, estável e eficiente nos custos através de energia regenerativa.

Citado pelo jornal Expresso das Nove, José Vieira, diretor regional da Energia, mostra-se satisfeito. “A Younicos, entre muitas ilhas existentes a nível mundial, escolheu a Graciosa cuja dimensão e condições naturais satisfaziam as necessidades daquela empresa para o desenvolvimento, teste e lançamento da nova tecnologia a implementar”.

Os seus 4500 habitantes vão usar exclusivamente energias renováveis, solares e eólicas. A companhia, sedeada em Berlim, pretende também implementar um sistema de armazenamento em baterias de sódio e enxofre de um megawatt, o acumulador durável mais potente e de mais longa duração do mundo.

Segundo o canal Euronews, em 2012, a ilha já deverá ser alimentada, em 80 por cento, pelo vento e por plataformas solares e apenas em 20 por cento, por combustível fóssil. Estes 20 por cento serão substituídos, mais tarde, pela biomassa.

O sucesso deste projeto poderá depois ser implementado em muitas ilhas a nível mundial, sempre associado ao nome da Graciosa.

[Notícia sugerida por Patrícia Ramos]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close