Sociedade

Abriu a primeira pastelaria low cost portuguesa

NULL
Versão para impressão
Depois das viagens low cost, chegou a vez de comida a baixo preço. A ideia surgiu numa pastelaria de Oliveira de Azeméis, em Aveiro, e vai vender pão, bolos e refeições a preços mais baixos para ajudar as pessoas a fazerem frente à crise.

Quem se deslocar à pastelaria Low-Costa.Come vai poder beber um café com 40 cêntimos e comer uma sopa por apenas 0,50€. Mas os descontos não se ficam por aqui. Todos os bolos à venda neste espaço, recentemente remodelado, custam 40 cêntimos, e os bolos de aniversário são todos a 5,99€, sem serem sequer pesados.

O estabelecimento abriu as portas esta quinta-feira, dia 22 de setembro, às 06h30 e é a primeira e única pastelaria low cost do país. Mas desengane-se quem pensa que a qualidade dos produtos é inferior. À frente do projeto esteve o professor Paulo Costa que dava aulas naquele estabelecimento no Curso de Educação e Formação em Pastelaria e Panificação.

Assim, da parte da tarde, o professor dá aulas aos alunos da E.S. Ferreira de Castro, no mesmo local.

O funcionamento da pastelaria distingue-se também dos estabelecimentos comuns. Para poupar nos recursos humanos não existe serviço de mesa e, por isso, são os clientes que devem levantar e entregar os produtos no balcão.

O serviço será de pré-pagamento e self-service, como se pode ler no site da Low-Costa.Come. Além disso, como a loja e os equipamentos se encontram pagos, o estabelecimento não tem encargos elevados, o que lhe permite a redução dos preços.

Poupar ao máximo

“A ideia é poupar ao máximo. Portanto, os copos e pratos serão de papel, para não termos que contratar gente para lavar louça. E também serão os clientes a levar as suas próprias coisas para a mesa para evitar a necessidade de empregados”, disse o proprietário à Lusa.

Na cozinha é o próprio professor Paulo Costa que trata da confeção dos produtos. Para comemorar a abertura da loja estão dispersos pelas ruas de Oliveira de Azeméis flyers que podem ser trocados por uma das 5000 natas que vão ser dadas, na 5ª feira, 6ª feira e Sábado e 2ª feira.

Paulo Costa acredita no sucesso da loja. “Em tempos de crise, não é coisa pouca comprar bolos a metade do preço que eles custam noutros sítios”.

Para aceder ao site da pastelaria clique aqui.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]  

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close