Emprego e Poupança

ABC da Poupança: A importância da organização

Como é com vocês quando chegam a esta altura do ano? Eu invariavelmente entro em estado de "BALANÇO"! Ou seja, é a altura em que, com mais afinco, começo a olhar para trás e a fazer mais perguntas, quero perceber o que fiz, quais os resultados e o qu
Versão para impressão
[Por Ana Bravo, especialista em Economia Doméstica]

Image and video hosting by TinyPic

Como é com vocês quando chegam a esta altura do ano? Eu invariavelmente entro em estado de “BALANÇO”! Ou seja, é a altura em que, com mais afinco, começo a olhar para trás e a fazer mais perguntas, quero perceber o que fiz, quais os resultados e o que posso fazer melhor e como!
 
De há uns anos para cá comecei a perceber como aconteciam as principais melhorias na minha vida: “Que fizeste tu, Ana Bravo, afinal, para as coisas terem melhorado tanto? Que varinhas mágicas usaste?” Agora sinto-me com mais tempo, com mais energia, com mais recursos, com mais prosperidade, com mais amor, e com mais de tudo o que realmente interessa. E é quando temos esta sensação que nos sentimos ricos e prósperos.

Que pastilha milagrosa, que droga, que comprimido, que cházinho foi este então? Comecei por estipular uma hora de tempo para “meditar” sobre a minha vida e claro, saber qual a minha situação. Sentei-me na poltrona do médico e fiz o meu próprio diagnóstico:
 
– Que coisas estou presentemente a fazer;
 
– Quanto tempo levo a fazê-las;
 
– São todas elas necessárias?

– Que distrações me desviam das minhas tarefas?
 
– De que forma as faço?

– Que dificuldades encontro? Como as resolvo?

E, muito, mas mesmo muito importante…

– O QUE É QUE EU GOSTARIA DE ESTAR A FAZER?

O resultado de me colocar as perguntas certas levou-me a desenvolver um esquema organizacional que, depois de ultrapassar as resistências normais com que nos deparamos sempre que queremos mudar alguma coisa, ou seja, o nosso 'Velho do Restelo' pessoal, me levou a conseguir tudo com muito mais facilidade, dinheiro incluído!
 
E foi aí que tive uma epifania: “Ahhh, uma das melhores dicas de poupança que existem, senão mesmo a melhor, é: Ser-se organizado!”
 
A minha varinha mágica, a minha droga, o meu cházinho é:

– Método, Organização!

A organização permite ter mais tempo, mais saúde, mais dinheiro, melhor qualidade de vida, mais lazer, mais diversão… Mais tudo. Contrariamente ao que possa pensar ter um plano e um orçamento não o limita, antes pelo contrário, dá-lhe liberdade!

Por isso desta vez, e porque um novo ano está à porta, exigente de mudanças, apresentando desafios que vão determinar as nossas vidas, convido-vos a dar uma voltinha neste comboio com destino ao maravilhoso mundo do método e organização.

Livre-se da preguiça e das limitações perguntando-se: Como é que eu gostaria de estar a viver? E lembre-se que é quando age de acordo com os seus valores, quando os expressa na sua vida quotidiana através das suas ações que é feliz e realizado.
 
Que tal? Com garra para recomeçar e mudar a sua vida?

Clique AQUI para fazer o 'download' de um PDF com as minhas propostas de Bons Hábitos que ajudam a tornar a vida melhor!
 
E eu agora despeço-me… Mas só até 2013!

[Ana Bravo é consultora de crédito bancário e sócia-gerente da RP Créditos e RP Formação. Para saber mais sobre os serviços, cursos e workshops desta empresa de consultoria e educação financeira clique aqui]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close