Espetáculos e Exposições

A (in)tolerância em exposição na Torre do Tombo

A intervenção artística "Mandei-o Matar Porque Não Havia Razão", integrada no XXIII Colóquio da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, expõe a noção de (in)tolerância nas suas mais diversas vertentes - social, política, artística. Em exposição na Torre
Versão para impressão
A intervenção artística “Mandei-o Matar Porque Não Havia Razão”, integrada no XXIII Colóquio da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, expõe a noção de (in)tolerância nas suas mais diversas vertentes – social, política, artística. Em exposição na Torre do Tombo, em Lisboa, nos dias 4 e 5 de fevereiro.

Ana Piçarra, Cristina d´Eça Leal, o coletivo PIDE, Flávia Vieira, Tiago Mestre, Lara Portela, Nuno Mendonça, Rachel Korman e Emília Tavares são os artistas intervenientes, veiculando os seus distintos pontos de vista em instalações multimédia que vão ocupar o foyer de entrada, o piso -1 e o auditório da Torre do Tombo.

As peças estão subordinadas a temas como o entendimento do sexo e da sua exposição, os limites e legitimidade da (in)tolerância perante a imposição
autoritária e unívoca duma ideia, a definição do erro e a linha entre o bem e o mal.

A entrada é livre. Saiba mais sobre a exposição e o Colóquio da Sociedade Portuguesa de Psicanálise In-Tolerância a In-Suportável Diferença aqui.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close