Cultura

80 anos depois, Elvis Presley continua vivo

Há quem diga que o rei nunca morreu. E mesmo que não esteja entre nós de carne e osso, Elvis Presley continua vivo no coração de milhares de fãs. Esta quinta-feira, dia 08 de Janeiro, o rei do rock'n'roll faria 80 anos.
Versão para impressão
Há quem diga que o rei nunca morreu. E mesmo que não esteja entre nós de carne e osso, Elvis Presley continua vivo no coração de milhares de fãs. Esta quinta-feira, dia 08 de Janeiro, o rei do rock’n’roll faria 80 anos.
 

Elvis Presley interpreta um dos seus maiores êxitos, Suspicious Minds, num concerto de 1970 em Las Vegas (EUA)

Continua a ser o maior 'sex symbol' do mundo ocidental. Elvis nasceu em Tupelo, uma cidade do Mississípi, a 08 de Janeiro de 1935. Filho de uma família muito modesta, Elvis viveu os primeiros anos numa pequena casa de madeira, com apenas duas divisões, construída pelo próprio pai. 
 

Quando era ainda criança, Elvis recebeu uma guitarra dos pais como prenda. Foi aí que começou a sua paixão pela música. Apesar do seu sucesso, Elvis nunca estudou música e aprendeu a compor e a ler pautas sozinho.

A sua carreira profissional como músico arrancou aos 19 anos. Contudo, foi só aos 21 anos que o seu talento começou a conquistar milhões, quando lançou o single Heart Break Hotel, que chegou ao top de todas as tabelas norte-americanas.

Pouco depois, Elvis estreou-se também no cinema, tendo protagonizado dezenas de filmes de Hollywood. Em pouco tempo, Elvis tornou-se a primeira superestrela do mundo, com fãs a desmaiar por onde quer que passasse.


Em 1967, o Rei casou com a sua paixão de sempre, Priscilla Beaulieu, de quem teve uma filha. Apesar de todo o sucesso comercial (ou melhor, por causa desse mesmo sucesso), Elvis acabou por perder o controlo da sua carreira.

A pressão dos agentes, editoras e produtores exigia cada vez mais músicas, mais concertos, mais filmes. Elvis tornou-se um consumidor pesado de medicamentos (alegadamente analgésicos, antidepressivos e estimulantes como anfetaminas). O falhanço do seu casamento, em 1973, terá agravado a sua dependência. 
 

Elvis morreu com 42 anos deixando um legado com centenas de música e dezenas de filmes. Apesar da sua breve carreira, o rei do rock’n’roll conseguiu colocar no top das tabelas músicas cerca de 40 singles, como Love me Tender, Suspicious Minds ou Return to Sender, temas que ainda hoje seduzem fãs um pouco por todo o mundo.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close