i9magazine

6 Anos de Crossing!

Versão para impressão

A Crossing, fundada no ano de 2012, nasceu do sonho dos seus fundadores de criarem o melhor estúdio de desenvolvimento digital e tecnológico do país. Este sonho tem vindo a ser materializado e concretizado ao longo dos anos, com a Crossing a somar prémios nas mais diferentes áreas e a alargar mensalmente o seu portfólio de novos produtos e de novos clientes.

De empresa incubada inicialmente no Instituto Pedro Nunes, em Coimbra, a Crossing é atualmente uma empresa consolidada, quer no mercado nacional, quer nos mercados externos, com principal enfoque no Reino Unido, Espanha e Brasil, tendo já há muito ultrapassado a sua condição de start-up. O seu volume de faturação, a sua equipa em crescente contínuo, com a entrada de novas pessoas numa base quase mensal, e a sua aposta sucessiva em investigação e desenvolvimento tecnológico, fazem da Crossing um dos case studies de sucesso mais interessantes da região Centro.

De facto, ainda no ano de 2012, a Crossing desenvolveu e lançou para o mercado o seu primeiro produto inovador e disruptivo em Portugal – o ONEsw – um sistema de verificação de idade e desbloqueamento de máquinas de tabaco com recurso ao Cartão de Cidadão. Também neste ano, a empresa apostou no desenvolvimento e comercialização de sistemas informáticos de telemetria e gestão para o mercado do vending, nascendo a solução Vendr., dando, assim, origem a uma nova unidade de negócio na empresa – Consultoria de Gestão.

Em 2013, a Crossing Answers iniciou uma forte aposta no desenvolvimento de soluções interativas e multimédia para o setor do Turismo, área de negócio de aposta permanente até aos dias de hoje. Em termos das soluções desenvolvidas, poder-se-ão apontar as aplicações móveis, os áudio guias interativos, os equipamentos virtuais e multimédia e as experiências museológicas com recurso à realidade virtual e à realidade aumentada. De entre os seus muitos trabalhos nesta área, destacamos alguns dos seus major projects, como a Rede de Castelos e Muralhas do Mondego, em que a Crossing foi responsável pelo desenvolvimento de componentes tecnológicas do projeto, o Museu Marítimo de Sesimbra, totalmente equipado pela empresa, o Holograma para exposição +Liquid Skin no Maat e os seus mupis interativos presentes pelo terceiro ano consecutivo no Festival NOS Alive.

De referir ainda que, em 2014, a empresa decidiu direcionar igualmente a sua atividade para as indústrias criativas, investindo num novo ramo de negócio – Can Play – materializando-se no desenvolvimento de jogos para plataformas mobile (Android, iOS e Windows Phone).

Prémios conquistados

Em 2016, o jogo Raccoon Escape ganhou o prémio de Melhor Gaming App para Android pela Aptoide App Awards aquando da Web Summit 2016. Ainda durante o desenvolvimento do Raccoon Escape, a equipa criativa do estúdio Can Play começou a delinear um novo jogo, o HoverShock, em que o seu ritmo rápido, cores alucinantes e efeitos e explosões loucas lhe garantiram, logo em 2017, o prémio de Melhor Jogo Indie Português pela Indie Dome na Lisboa Games Week. Já em 2018, o HoverShock conquistou o Prémio de Melhor Jogo Competitivo Online nos Prémios PlayStation Talents 2017.

Também em 2017, o Museu Marítimo de Sesimbra, totalmente equipado pela Crossing, foi considerado o melhor museu interativo do ano, com o primeiro prémio de Aplicação de Gestão e Multimédia pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM) e ficando em segundo lugar na categoria de Melhor Museu do Ano.

O conteúdo 6 Anos de Crossing! aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close