Desporto Em Destaque

3 medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze para Portugal

Portugal conta com seis medalhas nesta competição, após três jornadas já concluídas.
Versão para impressão

 

Os atletas portugueses estiveram em destaque na terceira jornada do Campeonato da Europa IPC ao vencerem três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze, na competição que decorre até 26 de agosto em berlim. Carina Paim e Sandro Baessa foram medalhas de ouro nos 400 metros T20, Mário Trindade ouro nos 100 metros T52, Carolina Duarte foi prata nos 200 metros T13 e Carlos Freitas bronze, nos 400 metros T20.

Carina Paim conquistou o ouro, nos 400 metros T20 (Deficiência Intelectual), numa corrida em que bateu o recorde da Europa da sua classe. A atleta que correu a volta à pista em 57.29 segundos, já havia batido o recorde da competição no dia de ontem.

Numa final com três portugueses, Sandro Baessa foi o atleta mais rápido nos 400 metros T20 (Deficiência Intelectual). Ao correr a distância em 49.60 segundos o português venceu a medalha de ouro e garantiu um novo recorde da competição. Carlos Freitas, estreante em campeonatos da Europa, à semelhança de Sandro Baessa, conquistou a medalha de bronze com um novo recorde pessoal de 52.16 segundos. Carlos Lima terminou no quarto lugar, com 52.46, ficou apenas a 30 centésimos do terceiro classificado.

Carolina Duarte foi a quarta medalhada do dia, ao garantir a prata nos 200 metros T13 (Baixa Visão), com a marca de 25.38 segundos, ficando próxima do seu recorde pessoal, de 25.30 segundos.

Mário Trindade fechou a jornada com uma medalha de ouro nos 100 metros T52 (Cadeira de Rodas), onde bateu também o recorde do Campeonato da Europa IPC, com a marca de 18.53 segundos. O atleta tem ainda duas finais nos 400 metros e 1500 metros.

Na estreia de provas de tricicleta em europeus IPC, Hugo Correia, RR1 (Paralisia Cerebral), foi desclassificado.

Portugal conta com seis medalhas nesta competição, após três jornadas já concluídas.

No dia de hoje, Portugal conta 9 atletas em competição e a lutar por medalhas em sete finais. O primeiro atleta português a competir, logo no período da manhã, é Lenine Cunha que participa na prova de salto em comprimento, classe T20 (Deficiência Intelectual), às 09:03 horas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close