Saúde

22 novas unidades de Cuidados Continuados

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) é reforçada esta quarta-feira com a inauguração de 8 das 22 unidades de cuidados continuados de saúde previstas em vários pontos do país, o equivalente a um aumento 691 camas.

Versão para impressão
A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) é reforçada esta quarta-feira com a inauguração de 8 das 22 unidades de cuidados continuados de saúde previstas em vários pontos do país, o equivalente a um aumento 691 camas.

Graças a este aumento, a Rede Nacional irá atingir até ao final deste ano as cinco mil camas de internamento distribuídas da seguinte forma: 754 camas de convalescença; 1.549 para doentes de média duração e reabilitação; 2.426 camas destinadas a longa duração e manutenção; 163 para cuidados paliativos.

De acordo com o Ministério da Saúde, citado pela Lusa, até ao final do ano passará a haver ainda 7.823 lugares de cuidados domiciliários, prestados por 201 equipas de apoio.

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados já prestou cuidados de saúde a mais de 50 mil pessoas. Foi criada há 4 anos e faz parte do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A RNCCI é definida como “um novo modelo organizacional formado por um conjunto de instituições públicas e privadas, que prestam cuidados continuados de saúde e de apoio social”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close