Negócios e Empreendorismo

2012: Melhor ano de sempre do calçado português

2012 deverá ficar na história como o melhor ano de sempre para o sector do calçado português. A previsão é da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado (APICCAPS) e fundamenta-se nos dados das exportações revelados esta semana.
Versão para impressão
2012 deverá ficar na história como o melhor ano de sempre para o sector do calçado português. A previsão é da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado (APICCAPS) e fundamenta-se nos dados das exportações revelados esta semana pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
 
“Para nós, 2012 deverá ficar como o melhor ano de sempre”, afirma Paulo Gonçalves, porta-voz da APICCAPS, citado pelo Dinheiro Vivo. “A faturação dos primeiros 11 meses chegou a 1.560 milhões de euros, o que revela um crescimento de 3,7% relativamente ao mesmo período de 20122, que, por seu lado, já registou um progresso de 16%”, sublinha.
 
Segundo o responsável, os resultados ótimos alcançados pela indústria nacional do calçado justificam-se com uma forte aposta feita pelos empresários portugueses “na promoção dos seus produtos no exterior, especialmente em novos mercados internacionais”.
 
Prova disto é, aponta Paulo Gonçalves, que, embora tenha havido um crescimento das exportações para o mercado comunitário – “na ordem dos 1% e 1,5%” -, a expansão para novos mercados como “os Estados Unidos, Japão, Rússia ou Canadá” foi muito significativa, chegando a “ultrapassar os 35%, o que mostra bem os resultados positivos” da aposta dos fabricantes.
 
O porta-voz da APICCAPS frisou ainda que mais de 95% da produção de calçado em Portugal é exportada para 132 mercados espalhados pelos cinco continentes mas que, apesar disso, o mercado interno continua vivo e não está a ser tão afetado pela crise como se esperava.

[Notícia sugerida por Elsa Martins]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close