Fitness & Bem-estar

200 moinhos portugueses abertos e com atividades

Até ao dia 7 de Abril, os moinhos portugueses vão estar a funcionar em simultâneo e abertos à curiosidade do público. A iniciativa, a decorrer pelo sexto ano consecutivo, visa converter o Dia Nacional dos Moinhos no Dia dos Moinhos Abertos.
Versão para impressão
Até ao dia 7 de Abril, os moinhos portugueses vão estar a funcionar em simultâneo e abertos à curiosidade do público. A iniciativa, a decorrer pelo sexto ano consecutivo, visa converter o Dia Nacional dos Moinhos no Dia dos Moinhos Abertos de Portugal, e já começou com atividades na passada sexta-feira.
 
A Rede Nacional de Moinhos quer, com este evento, chamar “a atenção dos portugueses para o inestimável valor patrimonial nos nossos moinhos tradicionais”, mobilizando várias empresas e entidades.
 
Este ano vão participar na sexta edição da iniciativa 202 moinhos, distribuídos por 87 núcleos pertencentes a 45 municípios, de norte a sul do país. Cada moinho tem um programa de atividades específico, devidamente discriminado na brochura do evento.
 
Vários moinhos vão estar em funcionamento e vão ser organizadas visitas pedestres aos locais e às zonas envolventes. Em destaque está, amanhã, a dinamização da “Páscoa no Moinho” de Aboim, em Fafe, com a recriação histórica do Compasso Pascal e uma palestra sobre as “Tradições Pascais” da localidade, que culmina na oferenda do “folar” da Páscoa acompanhada de cantares tradicionais.
 
Hoje e no dia 7 de Abril, em Torres Vedras, está também patente uma exposição sobre os moinhos do concelho, além da projeção de uma animação 3D sobre o engenho. O programa detalhado das atividades pode ser consultado AQUI.
 
Projetos e ideias de dinamização
 
Outro objetivo da iniciativa é permitir a identificação de “problemas e oportunidades” e o desenvolvimento de “projetos e ideias” para a preservação dos moinhos, tanto a nível físico como a nível da dinamização dos espaços.
 
Para isso, a associação tem vindo a pedir a participação de todos os portugueses, quer por meio de divulgação, quer por meio de apresentação de propostas para a organização de atividades nos moinhos portugueses.
 
A iniciativa parte de uma organização conjunta entre a Rede Nacional de Moinhos e a Etnoideia, e tem o apoio da TIMS – Sociedade Internacional de Molinologia.
 
Aceda ao site oficial da Rede Nacional de Moinhos AQUI.
 
[Notícia sugerida por Elsa Martins]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close