Ambiente

Zoomarine: Tartaruga mais rara regressa ao habitat

NULL
Versão para impressão

Uma tartaruga da espécie mais rara do mundo partiu, esta segunda feira, de Lisboa para a Flórida, para ser devolvida ao seu meio natural, no Golfo do México. A tartaruga esteve dois anos e meio em recuperação no Zoomarine, no Algarve.

Johnny, nome com que foi batizada a tartaruga do sexo masculino, viajou na cabine de passageiros de um Airbus A330, num tanque climatizado feito especialmente para ele, explicou à Lusa o diretor de Ciência e Educação do Zoomarine, Élio Vicente.

“Tiveram que retirar alguns bancos e divisórias do avião e certificar a nova configuração para o avião poder voar”, adiantou, acrescentando ainda que, durante a viagem de nove horas entre Lisboa e Miami, todos os passageiros da aeronave visitaram a tartaruga.

De espécie comum a espécie rara

A tartaruga perdeu-se na sua rota, cruzando o Oceano Atlântico em 2008 ou 2009, e mais tarde pelo Mar do Norte, onde chegou à costa holandesa.

Johnny foi recolhido e reabilitado pelo jardim zoológico de Roterdão e só depois foi enviado para o Zoomarine, em Albufeira, com o apoio do Oceanário de Lisboa, para ser devolvido ao mar em águas mais quentes. Quando chegou ao Zoomarine encontrava-se bastante debilitado, pois pesava cerca de 4,5 quilos.

Johnny foi identificado como sendo uma tartaruga-comum (Caretta caretta), uma espécie que pode ser devolvida em águas portuguesas. Após a sua chegada ao Algarve, os técnicos do Zoomarine perceberam que se tratava de uma tartaruga-de-Kemp.

As tartarugas de Kemp são a mais rara e ameaçada tartaruga marinha do mundo, com uma distribuição praticamente exclusiva no Golfo do México, sendo que 95% dos espécimes nascidos nas praias de uma única região daquele golfo.

O Zoomarine pretendia devolver mais cedo Johnny ao seu habitat natural, nas águas do Golfo do México, mas após o derrame de petróleo em 2010, foi adiado o regresso da tartaruga ao mundo selvagem.

Para libertar Johnnhy o Zoomarine contou com o apoio de parceiros nacionais e estrangeiros- a National Oceanic and Atmospheric Administration, a Florida Fish and Wildlife Conservation Commission, o U.S. Fish and Wildlife Service, o Mote Marine Laboratory, a Força Aérea Norte-Americana, a Força Aérea Portuguesa, a embaixada norte-americana em Portugal, o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade e a TAP-CARGO Portugal.

[Notícia sugerida por Elsa Martins, Patrícia Guedes e Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub