Ambiente

Zoo de Lisboa recebe quatro chitas

O Jardim Zoológico celebra os seus 126 anos de existência, esta sexta-feira, 28 de maio, com a inauguração de uma zona de exibição e reprodução de chitas que vai albergar três machos e uma fêmea. Esta é uma aposta do parque na preservação e incentivo
Versão para impressão
O Jardim Zoológico celebra os seus 126 anos de existência, esta sexta-feira, 28 de maio, com a inauguração de uma zona de exibição e reprodução de chitas que vai albergar três machos e uma fêmea, lê-se no site do jardim. Esta é uma aposta do parque na preservação e incentivo à reprodução de uma das espécies mais ameaçadas do planeta.

O parque, procurando respeitar as características do habitat natural desta espécie, adequou a topografia e o substrato da instalação, que tem cerca de 100 metros de comprimento, com zonas mais elevadas, plantas, locais de sombra (apesar de serem animais de savana) e barreiras visuais, como rochas.

Pela primeira vez será possível observar no Jardim Zoológico esta espécie ameaçada de extinção. O parque aproveita o seu 126º aniversário para dar mais um contributo na preservação e conservação de espécies ameaçadas.

Chita, espécie ameaçada

O leopardo chita, Acinonyx jubatus é uma das espécies mais ameaçadas do planeta (restam cerca de 12.400 animais em estado selvagem), com estatuto de “vulnerável” (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza), que está listada no Apêndice I da CITES e que tem um programa europeu de reprodução em cativeiro (EEP) no qual o Jardim Zoológico participa.

Muitos jardins zoológicos estão a apostar em fugir ao conceito de mera exposição de animais, para se transformarem em laboratórios vivos de multiplicação das espécies, tendo em vista, sempre que possível e necessário, o repovoamento dos locais de origem dos animais.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório