Ambiente

Zona Oeste vai explorar energia das ondas

O governo concedeu às Redes Energéticas Nacionais (REN) uma zona piloto na região Oeste com cerca de 20 quilómetros, situada próximo de São Pedro de Moel, para a exploração da energia das ondas. A meta até 2020 é a de produzir 250 megawatts de energi
Versão para impressão
O governo concedeu às Redes Energéticas Nacionais (REN) uma zona piloto na região Oeste com cerca de 20 quilómetros, situada próximo de São Pedro de Moel, para a exploração da energia das ondas. A meta até 2020 é a de produzir 250 megawatts de energia elétrica.

A energia das ondas ainda não é das tecnologias mais avançadas a nível nacional se compararmos com as outras energias renováveis. De acordo com o ministro da Economia Vieira da Silva o governo tem “planos para maximizar a exploração da energia hídrica”.

“Uma das componentes essenciais da Estratégia Nacional de Energia reside no aumento da produção de eletricidade a partir de energias renováveis, subindo o seu peso no complexo global energético do País. Portugal tem vindo a desenvolver de forma intensa o seu parque eólico, tem planos para maximizar a exploração de energia hídrica, tem objetivos ambiciosos no plano da energia solar, mas também estamos interessados em explorar as imensas potencialidades da energia das ondas”, justificou o ministro da Economia.

A resolução visa diversificar as fontes energéticas renováveis e de forma a gerir um cluster energético industrial ligado às atividades do mar e da energia.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório