Inovação e Tecnologia

Youtube faz cinco anos

Parece está presente na vida online há mais tempo, mas foi apenas em 2005 que um dos mais populares portais da Internet entrou em funcionamento. Há cinco anos atrás, em abril, um primeiro vídeo de 19 segundos foi para o ciberespaço através do
Versão para impressão
Parece está presente na vida online há mais tempo, mas foi apenas em
2005 que um dos mais populares portais da Internet entrou em funcionamento. Há cinco anos atrás, em
abril, um primeiro vídeo de 19 segundos foi para o ciberespaço através do
Youtube dando
início a uma autêntica revolução social.

Quando Jawed Karim, um ex-empregado do PayPal, fez o upload do vídeo [ver abaixo], em que aparecia no zoológico de San Diego, nos Estados Unidos, em 23 de abril de 2005, certamente não sabia o que ocorreria a partir de então.

O vídeo foi o primeiro a entrar no ar no YouTube que, embora fundado em 16 de fevereiro, comemorou sexta-feira os cinco anos da primeira exibição.

Antes do Youtube já era possível publicar vídeos pessoais na internet mas o método era moroso e complicado. Foi o serviço criado por Karim, Chad Hurley e Steve Chen que facilitou a vida de milhões de cibernautas no que diz respeito à partilha e pesquisa de vídeos online.

O sucesso do site, fundado em parceria com a empresa de capital de risco Sequoya Capital, levou à sua aquisição, em Outubro de 2006, pela Google Inc. por 1,2 milhões de euros.

Esta aquisição marcou um período de crescimento exponencial e viral do YouTube, que foi, na altura, eleito “invenção do ano” pela revista norte-americana Time Magazine.

Atualmente, o Youtube é o terceiro site mais visitado da internet, atrás apenas do próprio Google e do Facebook. Todos os dias um milhão de novos vídeos são carregados.

Direitos de autor

O crescimento do YouTube não foi, contudo, pacífico, como é exemplo o processo instaurado à empresa em 2007 pela Viacom, exigindo mil milhões de dólares de indemnizações pelos mais de 150 mil vídeos não autorizados encontrados no portal.   

As queixas de violação de direitos de autor levaram o YouTube a retirar milhares de vídeos e a estabelecer acordos com empresas como a MGM e CBS para a disponibilização de filmes e séries televisivas.  
 
YouTube inaugura aluguer de vídeos

Para combater os problemas de direitos de autor e alargar os serviços oferecidos aos seus utilizadores, o YouTube inaugurou, esta sexta-feira, o seu vídeo clube on-line, disponibilizando, entre outras películas, o filme “Precious”, de Lee Daniels, premiado este ano com o Óscar de melhor atriz secundária.

O serviço ainda não está disponível em Portugal, mas nos Estados Unidos já é possível alugar este filme durante dois dias por 3,99 dólares. Outros filmes, documentários e séries de televisão estão à disposição dos utilizadores.

O custo do aluguer de filmes varia entre 0,99 cêntimos e 3,99 dólares e o das séries entre um e cinco dólares.

A primeira experiência de aluguer de vídeos ocorreu em Janeiro e rendeu cerca de 11 mil dólares (8.300 euros). Um mercado que promete crescer nos próximos anos.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório