Sociedade

Worklovers Vs. Workaholics

Num mundo em constante mudança, novas palavras e conceitos vão surgindo rapidamente. É o caso do termo "worklover", cujo conceito se opõe quase na sua totalidade à bem conhecida expressão "workaholic", utilizada para des
Versão para impressão
Num mundo em constante mudança, novas palavras e conceitos vão surgindo rapidamente. É o caso do termo “worklover”, cujo conceito se opõe quase na sua totalidade à bem conhecida expressão “workaholic”, utilizada para descrever alguém que é viciado em trabalho.

Em declarações ao Diário de Noticias, a psicóloga clínica Cláudia Morais explica que “enquanto o viciado no trabalho é alguém que não sente prazer com a concretização das suas funções, o worklover tira grandes níveis de satisfação das largas horas que passa a trabalhar”.

Os worklovers podem ser descritos como pessoas que organizam a sua vida profissional de modo a que os seus amigos e família não sejam deixados de parte, conseguem lidar facilmente com as adversidades que os seus trabalhos provocam, sabem priorizar tarefas e conseguem cumprir com as obrigações profissionais.

Equilíbrio acaba assim por ser a palavra chave deste novo grupo social.

No entanto, alguns problemas podem surgir no decorrer de uma entrega tão intensa ao trabalho, sendo o campo mais afetado o da alimentação, que acaba por tornar-se deficitária em prol da elevada responsabilidade laboral. 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório