Desporto

Wimbledon: Maratona de ténis ganha por John Isner

Depois da partida mais disputada de sempre na história do ténis que durou nada mais, nada menos, que 11 horas e cinco minutos, o norte-americano John Isner sagrou-se vencedor na primeira ronda do Torneio britânico de Wimbledon frente ao francês Nicol
Versão para impressão
Depois da partida mais disputada de sempre na história do ténis que durou nada mais, nada menos, que 11 horas e cinco minutos, o norte-americano John Isner sagrou-se vencedor na primeira ronda do Torneio britânico de Wimbledon frente ao francês Nicolas Mahut.

O confronto entre Isner, 23º cabeça de série, foi disputado em cinco sets de 6-4, 3-6, 6-7 (7), 7-6 (3) e 70-68. Ao todo registaram-se 215 ases (112 para Isner e 103 para Mahut), 590 winners (246/244), 91 erros não forçados (52/39) e 31 duplas-faltas (10/21).

São números impressionantes para uma partida que bateu o último recorde, de “apenas” 6 horas e 33 minutos, que perdurava há seis anos e que foi disputado pelos franceses Fabrice Santoro e Arnaud Clement.

“É um verdadeiro guerreiro. É uma pena que algum tenha de perder. Partilhar esta partida com ele foi uma verdadeira honra. Talvez nos encontremos de novo algures e não precisemos de chegar aos 70-68”, conta Isner em declarações ao jornal britânico The Guardian sobre o seu oponente na partida.

“Neste momento estou muito agradecido. Foi espantoso o que aconteceu. John mereceu ganhar. Serviu de forma inacreditável, é um campeão. Foi muito longo mas acho que os dois saímos satisfeitos”, respondeu Mahut sobre o adversário.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório