Negócios e Empreendorismo

Whisky mais caro do mundo tem rolha portuguesa

As rolhas do Dalmore Trinitas 64, o whisky mais caro do mundo, foram desenvolvidas pela Corticeira Amorim, em Mozelos. As rolhas da coleção Premium Top Series vedam, assim, as três garrafas de luxo que compõem a edição limitada da destilaria norte-am
Versão para impressão
As rolhas do Dalmore Trinitas 64, o whisky mais caro do mundo, foram desenvolvidas pela Corticeira Amorim, em Mozelos. As rolhas da coleção Premium Top Series vedam, assim, as três garrafas de luxo que compõem a edição limitada da destilaria norte-americana, à venda por 100 mil libras (cerca de 120 mil euros).

Esta parceria com a Dalmore “é bem representativa da estreita ligação que está a ser estabelecida com alguns dos mais importantes produtores mundiais de espirituosos”, sublinha Carlos de Jesus, diretor de marketing e comunicação da Corticeira Amorim, citado pelo Expresso.

De facto, as caves Dalmore gozam de um elevado estatuto a nível global, já que possuem um portefólio que contempla alguns dos mais raros e antigos whiskies do mundo.

A coleção de rolhas capsuladas de luxo da Amorim visa posicionar a cortiça como uma referência no mercado das bebidas espirituosas. Recorde-se que no primeiro trimestre deste ano, as rolhas Top Series foram selecionadas para vedar o whisky de malte mais antigo do mundo, o Gordon and Macphail´s Mortlach 70 anos, vendido a 12.500 euros, na versão de 70 cl.


[Notícia sugerida pela utilizadora Patrícia Esteves]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório