Fitness & Bem-estar

Washington Post: Faro é rival da Riviera Francesa

Portugal continua a ocupar páginas dos jornais mais prestigiados do mundo. Desta vez é o caso do Washington Post que apresenta Faro, "no coração da região do Algarve", como rival da mítica Riviera Francesa e da Costa Amalfitana, em Itália.
Versão para impressão
Portugal continua a ocupar páginas dos jornais mais prestigiados do mundo. Desta vez é o norte-americano Washington Post que apresenta Faro, “no coração da região do Algarve”, como rival da mítica Riviera Francesa e da Costa Amalfitana, em Itália.
 
“Com águas azul-celeste e uma deliciosa cozinha”, a cidade de Faro tem muito mais para oferecer do que as suas praias e muralhas circundantes, garante o Washington Post. “Ao contrário da maioria das localidades com praia, apenas com sol e sem alma, Faro vai bem além daquilo que se vê nos postais. Há caminhos encantadores, uma muralha histórica e ilhas absolutamente puras”, descreve o jornal.
 
Entre os destaques feitos pela publicação estão as ruas calcetadas, altas fachadas de pedra e arcos curvos que caraterizam Faro e também o Largo da Sé, “quadrangular, ladeado por laranjeiras e pelo palácio episcopal,  que dá acesso à Câmara Municipal e a uma catedral.

Não menos imperativo, aponta o artigo do Washington Post, é subir à torre para ter uma vista da cidade, das emblemáticas lagoas da Ria Formosa e do “trilho de arbustos e flores que coroam as bordas superiores das suas muralhas históricas”. 
 

Já fora da cidade velha, “uma rede de caminhos sem um único carro à vista oferece um agradável passeio pelas boutiques e restaurantes locais”, entre os quais se destaca a Pastelaria Bijou, “um café popular com deliciosas iguarias regionais”.
 
As ruas, “tanto dentro como à volta desta área”, são, segundo a publicação, “autênticas obras de arte, com pedras pretas e brancas dispostas em intrincados padrões, formas (como peixes e cavalos marinhos) e até nomes e datas importantes da história da cidade”. A não perder também, “mas não para os mais fracos de coração”, as paredes da Capela dos Ossos, no interior da Igreja do Carmo, revestidas com crânios e restos humanos. 
 
O jornal sugere ainda a quem visite Faro que se junte às reuniões de moradores junto à marina, no Verão, para “assistir a atuações gratuitas de grupos folclóricos, lindamente fantasiados e com danças tradicionais”.

Leia o artigo completo (em inglês) AQUI.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub