Espetáculos e Exposições

Voz de António Zambujo em destaque na imprensa americana

O jornal nova-iorquino 'Broadway World' publicou um artigo onde elogia e destaca a voz de António Zambujo. O fadista português vai subir aos palcos do Carnegie Hall no próximo dia 8 de Fevereiro, "distinguindo-se dos restantes artistas pela paixão pe
Versão para impressão
O jornal nova-iorquino 'Broadway World' publicou um artigo onde elogia e destaca a voz de António Zambujo. O fadista português vai subir aos palcos do Carnegie Hall no próximo dia 8 de Fevereiro, “distinguindo-se dos restantes artistas pela paixão pela tradição e simultânea vontade de inovar o estilo clássico”.  
 
Apresentado como “a voz que lidera o revivalismo do fado no masculino”, António Zambujo prepara-se para levar o seu “estilo único, que funde fado tradicional com canto alentejano, música brasileira, influências norte-africanas e do sul de Portugal”. O jornal refere que o cantor luso é conhecido por “empurrar a tradição da música popular portuguesa para a contemporaneidade”.

Entre o seu repertório, destaque para as “sensíveis interpretações e arranjos que combinam bossa nova, música popular brasileira e jazz”. Evidência do talento deste português é o que o lendário músico brasileiro Caetano Veloso diz sobre o mesmo: “O que se ouve em Zambujo é algo que vai mais fundo. Faz-nos lembrar João Gilberto e tudo o que ele trouxe para a música brasileira”. 


Naquele que é o seu concerto de estreia no Carnegie Hall, António Zambujo vai fazer ouvir “a mítica tradição que se espalhou pelas cidades portuárias portuguesas no início do século XIX e que, inclusive, já conta com um lugar na prestigiada lista de Património Cultural Imaterial da UNESCO”. 
 
No artigo lê-se ainda que, “ao contrário de outros géneros de música rural popular em Portugal, onde, por norma, a sua evolução tem por base uma única cultura, o fado é um estilo de música popular urbana, originário da cidade de Lisboa, que junta várias culturas, fundidas entre si ao longo dos séculos”.

O resultado é uma sonoridade “bela e melancólica, caracterizada por melodias tristes e letras muitas vezes representativas do sentimento fatalista e saudosista”. 

Leia AQUI o artigo original completo (em inglês). 


Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub