Negócios e Empreendorismo

Vinhos portugueses trazem 31 medalhas de França

Os produtores vinícolas portugueses ganharam, nesta quarta-feira, um total de 17 medalhas de ouro e 14 de prata no concurso mundial "Les Citadelles du Vin", em Bordéus, onde os vinhos da Casa Ermelinda Freitas, Palmela, foram os mais premiados.
Versão para impressão
Os produtores vinícolas portugueses ganharam, nesta quarta-feira, um total de 17 medalhas de ouro e 14 de prata no concurso mundial “Les Citadelles du Vin”, em Bordéus, onde os vinhos da Casa Ermelinda Freitas, Palmela, foram os mais premiados.
 
“Ganhámos a medalha de ouro com o Touriga Nacional e com a Quinta da Mimosa, que são castas portuguesas, e também com o nosso Syrah, com o qual temos ganhado sempre, sempre, a medalha de ouro. É uma casta que está muito bem adaptada à região”, disse à Lusa Leonor Freitas, gestora e proprietária da Casa Ermelinda Freitas, que obteve um total de cinco galardões.
 
Além do primeiro prémio conquistado pelos vinhos Quinta da Mimosa 2009, Touriga Nacional 2010, Syrah 2010 e Merlot 2010, também o Espumante Brut Reserva 2009 foi este ano premiado com a medalha de ouro.
 
No concurso “Citadelles du Vin” em Bordéus participaram outros produtores portugueses, alguns dos quais também com vinhos premiados com medalhas de ouro e/ou de prata, como a Casa Santos Lima e a Sociedade Agrícola da Merceana, a Adega Cooperativa de Palmela e a Adega Cooperativa de Pegões, entre outros.
 
O concurso foi em Bordéus, mas as medalhas foram entregues na Vinexpo de Hong-Kong, certame que se realiza alternadamente na França e na China.

Clique AQUI para consultar o resultado do concurso.

[Notícia sugerida por Diana Rodrigues]  
 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub