Saúde

Vinagre deteta cancro do colo do útero

A solução para a morte por cancro do colo do útero está num teste com vinagre. Segundo um estudo realizado na Índia, este procedimento pode evitar cerca de 73 mil mortes por este tipo de cancro.
Versão para impressão
O simples recurso ao vinagre pode evitar cerca de 73 mil mortes por cancro do colo do útero. Segundo um estudo realizado em larga escala na Índia, o vinagre permite detetar, com a mesma eficácia do Papanicolau, os indícios desta doença, permitindo o seu tratamento precoce.
 
Num grupo de países ricos já foi possível reduzir em cerca de 80% o número de mortes graças à generalização de um exame ginecológico preventivo, conhecido como teste Papanicolau.

Ainda assim, o cancro do colo do útero continua a ser a principal causa de morte por cancro do colo do útero entre as mulheres, tanto na Índia como em muitos outros países em desenvolvimento que não têm os recursos necessários para levar a cabo o rastreio comum.
 
Mas agora, segundo a investigação divulgada na conferência anual da American Society of Clinical Oncology que se encontra a decorrer em Chicago, um simples teste com vinagre pode resolver o problema.
 
Num serviço de saúde, basta dizem os investigadores, que um profissional passe vinagre pelo colo do útero. O líquido vai fazer com que os tumores pré-cancerosos fiquem brancos, identificando a sua presença quando, de seguida, se utiliza uma luz brilhante para verificar a zona. 

Para além do custo reduzido, os resultados instantâneos são uma outra grande vantagem deste procedimento.
 
Mortes reduzidas em 31% 

O estudo contou com uma amostra de 150 mil mulheres com mais de 15 anos de idade, na qual conseguiu reduzir – graças à deteção precoce – em 31 por cento as mortes por cancro do colo do útero.
 
Surendra Srinivas Shastri, professor de oncologia no Tata Memorial Hospital, em Bombaim, e um dos principais autores da investigação, espera que os resultados tenham “um efeito profundo na redução da incidência do cancro do colo do útero na Índia e no resto do mundo.

Estamos perante a primeira estratégia de prevenção capaz de “reduzir a mortalidade nos casos de cancro do colo do útero e, além disso, é perfeitamente viável de ser implementada em larga escala”, disse o investigador, citado pela France Press.
 
Os profissionais de cuidados de saúde do estado de Maharashtra, onde o estudo foi realizado, estão já a preparar uma formação, para que todas as mulheres com idade entre 34 e 65 anos comecem a fazer o teste com vinagre.
 
O próximo passo é levar o procedimento a todos os serviços de saúde do país. E, se o programa for devidamente implementado, os investigadores acreditam que será possível prevenir cerca de 22 mil mortes de cancro do colo do útero, todos os anos, só na Índia. Os números podem atingir os 73 mil casos se o programa for implementado nos restantes países em desenvolvimento do mundo. 

Notícia sugerida por Vítor Fernandes, Carla Neves e Patrícia Guedes

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub