Ambiente

Videovigilância nas florestas portuguesas

Melhorar a vigilância florestal e assegurar a sua realização 24 horas por dia são os grandes objetivos do novo projeto coordenado pelo Ministério da Administração Interna (MAI), ao abrigo do qual está prevista a instalação, este verão, de d
Versão para impressão
Melhorar a vigilância florestal e a resposta ao combate de incêndios são os grandes objetivos do novo projeto coordenado pelo Ministério da Administração Interna (MAI), ao abrigo do qual está prevista a instalação, este verão, de dez câmaras de segurança nos distritos de Lisboa, Leiria e Santarém, a título experimental.

O secretário de Estado da Protecção Civil, Vasco Franco, explicou ao Diário de Notícias (DN) que as câmaras de segurança vão ser instaladas em infraestruturas estatais, como torres de vigia, “com capacidade de transmissão de dados, por forma à otimização e racionalização de recursos, reduzindo os custos do projeto”.

Espera-se que sejam instaladas 256 câmaras na primeira fase do projeto, que deverá estar totalmente operacional “em 2011”. No entanto, o MAI relembra que o objetivo final é colocar 590 câmaras de videovigilância em funcionamento por todo o país.

A questão da criminalidade surge naturalmente no debate. No entanto, é um tema sensível, uma vez que a utilização das imagens captadas para identificar e incriminar incendiários “estaria sempre sujeita a parecer da Comissão Nacional de Protecção de Dados” e, por isso, “é uma questão sobre a qual ainda não existe decisão”, assegurou Vasco Franco ao DN.

Este programa do MAI vai ser candidato aos fundos europeus e ainda está em estudo a hipótese de complementar a videovigilância com a presença efetiva de pessoas nas infraestruturas que acolham as câmaras. 

“A deteção tem de ser o mais eficaz possível para que a primeira intervenção possa surgir logo no início do foco de incêndio, pelo que a sobreposição dos dois modelos terá uma dimensão que em devido tempo será estabelecida”, afirma Vasco Franco. 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório