Mundo

Vídeo: Rapto de bebé evitado pelos dois irmãos

Duas crianças norte-americanas evitaram que o irmão, um bebé de apenas 22 meses, fosse raptado de um parque em Sprague, uma cidade de Washington, nos EUA.
Versão para impressão
Duas crianças norte-americanas evitaram que o irmão, um bebé de apenas 22 meses, fosse raptado de um parque em Sprague, uma cidade de Washington, nos EUA. A dupla perseguiu o raptor e gritou para chamar a atenção de quem passava, acabando por assustar o homem e fazendo com que este desistisse da tentativa de levar o bebé.

 
Tudo aconteceu no passado domingo, quando os irmãos – Delicia, de oito anos, Breden, de 10, e o pequeno Owen – brincavam num jardim perto da casa da 'babysitter' com quem tinham ficado e que os autorizou a sair sem supervisão.
 
Em entrevista ao programa Good Morning America, da cadeia televisiva ABC, Delicia contou que os três foram abordados por um homem que lhes disse “ser amigo das crianças e 'babysitter' há já muito tempo”. O raptor acabou pour “roubar” Owen aos irmãos e, quando se apercebeu do que se passava, a menina não perdeu tempo.
 
“Percebi que ele estava a tentar raptá-lo, por isso comecei a correr e a gritar”, recordou a criança, que foi prontamente seguida pelo irmão mais velho, conforme mostram as imagens captadas por uma câmara de vigilância instalada ali perto e que estão a correr a Internet.


Veja o vídeo captado pela câmara de vigilância de uma mercearia situada junto do parque
  

No vídeo, é possível ver um homem a tentar fugir com o bebé ao colo, seguido de imediato por Delicia e, depois, por Breden, ainda a empurrar o carrinho do irmão, que disse à ABC não ter tido medo do homem e decidido agir “porque todos precisavam de ir à festa de aniversário do primo” e Owen não podia faltar. 
 
Dois adolescentes que estavam ali perto juntaram-se, instantes depois, à perseguição ao raptor, que acabou por, face à pressão, pousar o bebé e fugir.”Vi uma menina a correr e a gritar desesperadamente”, afirmou Dorothy Giddings, uma testemunha ocular que trabalha junto do parque, em declarações à estação de televisão local KXLY.
 
“Eu disse-lhe: 'Querida, fizeste exatamente o que devias: gritar. Foi isso que salvou o bebé”, disse a mulher, avó de um dos adolescentes que ajudaram os dois irmãos.As autoridades estão agora a tentar identificar o homem nas imagens da câmara de videovigilância.
 
Entretanto, o pai das crianças, Michael Wright, tem pedido à comunidade que partilhe quaisquer informações que possa ter. “Não sei explicar a sensação, a ansiedade e tudo o que nos passa pela cabeça quando descobrimos que um dos nossos filhos desapareceu ou que algo lhe aconteceu”, admitiu o progenitor. 

Notícia sugerida por David Ferreira e Maria Pandina

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório