Ciência

Vídeo: Paraplégico controla pernas com o pensamento

O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, mentor do projeto "Walk Again" ("Andar de Novo", em português), partilhou, esta terça-feira, um vídeo que mostra um paraplégico a controlar as pernas, paralisadas, com o pensamento.
Versão para impressão
O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, mentor do projeto “Walk Again” (“Andar de Novo”, em português), que tem trabalhado numa solução que vai permitir a um paraplégico dar o pontapé de saída do Mundial de Futebol de 2014 no Brasil, partilhou, esta terça-feira, um vídeo que mostra um dos pacientes envolvidos na investigação a controlar as pernas, paralisadas, com o pensamento.
 
Trata-se do primeiro registo em vídeo de um dos voluntários paraplégicos integrados no projeto a utilizar apenas a atividade cerebral para controlar os movimentos do exoesqueleto trabalhado por Nicolelis, uma estrutura metálica em forma de membros humanos que pode ser “acoplada” ao corpo, dando aos deficientes motores a possibilidade de, por meio de sinais cerebrais, mover os braços e as pernas. 
 
“Todos os oito pacientes [da Associação de Assistência à Criança Deficiente] que fazem parte do projeto “Andar de Novo” já estão aptos a controlar os movimentos do exoesqueleto usando a atividade elétrica cerebral”, escreveu Nicolelis na sua página oficial na rede social Facebook, onde tem dado a conhecer todos os passos do processo.
 
Segundo o neurocientista, “o vídeo mostra um dos momentos históricos em que um desses pacientes usou a sua atividade cerebral pela primeira vez para controlar os movimentos de um andarilho robótico que simula o funcionamento do exoesqueleto”. 
 
De acordo com o brasileiro, “o princípio está provado” e esta é “mais uma etapa vencida” até ao Mundial. Caso o projeto seja bem-sucedido, com a visibilidade internacional do campeonato mundial de futebol, Nicolelis quer “mostrar ao mundo que o Brasil também é um país da ciência e da tecnologia”. 

“Trabalhamos para que tudo esteja pronto e para que uma pessoa com deficiência possa levantar-se, caminhar até ao meio do relvado e dar o pontapé inicial do torneio”, afirmou, em Julho passado, em declarações à UOL. 
 
Veja abaixo o vídeo partilhado por Miguel Nicolelis no Facebook.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub