Sociedade

Vídeo de jovens lusos incentiva a ver o melhor do Natal

Porque "o que é bom é para se ver" e a quadra natalícia chama pela felicidade, um grupo de jovens criativos portugueses uniu-se para criar um vídeo especial para esta época festiva com o objetivo de incentivar a esquecer o que é mau por um momento.
Versão para impressão
Porque “o que é bom é para se ver” e a quadra natalícia chama pela felicidade, um grupo de jovens criativos portugueses uniu-se para criar um vídeo especial para esta época festiva com o objetivo de incentivar o país a esquecer, por um momento, a crise que, muitas vezes, nos deixa “às escuras”. Para este Natal, a recomendação é simples: abrir os olhos e apreciar “as coisas boas que andam por aí”.
 
por Catarina Ferreira
 
Esta é a mensagem positiva veiculada pelo pequeno filme “Natal às Escuras”, publicado esta semana no Youtube e desenvolvido pelos criadores do projeto português A Galeria – Produção de Vídeo e Fotografia, que nasceu em Junho deste ano.
 
“[O projeto] nasceu com o propósito de produzirmos coisas que nos dão gozo, de trabalharmos com pessoas 'boa onda' e que se identifiquem connosco”, explica Filipa Teixeira, produtora de conteúdos multimédia que, com Guilherme Comando, finalista do curso de Som e Imagem na Universidade Católica do Porto, fundou A Galeria, em declarações ao Boas Notícias.
 
Foi neste contexto que se originou a ideia de levar até aos portugueses uma mensagem de otimismo numa altura do ano que pede sempre um toque adicional de magia. “Queríamos espalhar uma mensagem de Natal um pouco diferente das habituais”, conta Filipa, uma das responsáveis pela produção do vídeo. 
 
“Acabámos por fazer uma parceria com o Miguel Ponte [estudante de Ciências Farmacêuticas de 21 anos que costuma reescrever a atualidade sob a forma de crónicas numa página do Facebook com mais de 3.000 seguidores], que tem um talento enorme para a escrita. Ele é o responsável pelo guião, nós pela produção do vídeo. Foi o cruzamento perfeito entre uma caneta e uma câmara”, afirmou a jovem.
 
O vídeo, que em poucos dias já soma mais de 1.200 visualizações e várias dezenas de partilhas na página do projeto na rede social Facebook, convida a, em vez de apreciar a beleza da mesa posta, saborear o bacalhau acabado de cozinhar; a, em vez de admirar a árvore de Natal, tomar as rédeas da decoração ou a desfrutar e fazer parte das gargalhadas em vez de apenas observar os sorrisos nos rostos de quem se ama.
 
“Os tempos que correm podem não ser os melhores, e quando muitos se deixam levar pela onda do pessimismo, achámos que devíamos lembrá-los de que há sempre várias maneiras de vermos as coisas”, defende Filipa, confidenciando ao Boas Notícias que “o feedback tem sido muito positivo”.
 
“Até agora tivemos mais partilhas do que gostos no 'post' do vídeo. Para nós, isso é um ótimo sinal. Achamos que fez todo o sentido fazermos este vídeo e o objetivo que tínhamos de as pessoas se identificaram com ele foi cumprido”, conclui.
 
Veja abaixo o pequeno filme “Natal às Escuras” produzido pelos jovens portugueses.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub