Cultura

Vhils desenha rosto de Amália na calçada portuguesa

Esta quinta -feira, 2 de Julho, pelas 18h30, é inaugurada, na Rua de São Tomé, a peça "Calçada", tributo à fadista Amália Rodrigues, a partir de uma ideia do realizador de cinema Ruben Alves.
Versão para impressão
Esta quinta -feira, 2 de Julho, pelas 18h30, é inaugurada, na Rua de São Tomé, Lisboa, a peça “Calçada”, tributo à fadista Amália Rodrigues, a partir de uma ideia do realizador de cinema Ruben Alves.
 
Integralmente executada em calçada portuguesa, instalada numa zona emblemática de Alfama, a peça consagra uma parceria inédita entre o artista de arte urbana Alexandre Farto (conhecido no meio artístico como Vhils) e a Escola de Calceteiros da Câmara Municipal de Lisboa.
 
O rosto de Amália passará assim a fazer parte duradoura da paisagem de Lisboa, honrando um vulto incontornável da cultura portuguesa contemporânea e expoente desse Património Imaterial da Humanidade que é o Fado, explica a autarquia numa nota de imprensa enviada ao Boas Notícias.
 
Na inauguração estarão presentes o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e a vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto. Foram também convidados vários jornalistas internacionais que estarão em Lisboa para assistir inauguração. 

Estes mês, a 17 de Julho, será também lançado o disco “Amália, As Vozes do Fado” com direção artística de Ruben Alves e que conta com interpretações de António Zambujo, Carminho, Camané, Gisela João e Ricardo Ribeiro. O projeto inclui ainda um documentário sobre o fado, assinado por Ruben Alves, que será transmitido pela TVI.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório