Sociedade

UTL constrói residência para 300 alunos na Ajuda

A Universidade Técnica de Lisboa (UTL) vai construir uma residência para 300 a 400 estudantes no Pólo da Ajuda com o objetivo de ver dinamizada aquela zona da cidade e atrair mais alunos, em especial estrangeiros no programa Erasmus.
Versão para impressão
A Universidade Técnica de Lisboa (UTL) vai construir uma residência para 300 a 400 estudantes no Pólo da Ajuda com o objetivo de ver dinamizada aquela zona da cidade e atrair mais alunos, em especial estrangeiros no programa Erasmus.

“A residência universitária vai trazer uma vida nova à Ajuda”, garantiu em entrevista à agência Lusa o reitor da UTL, Fernando Ramôa Ribeiro, indicando tratar-se de um “grande projeto”.

De acordo com o mesmo responsável, a câmara municipal vai ainda “construir residências para particulares”, o que contribuirá para uma “transformação enorme” daquela zona, em benefício da cidade também.

Na UTL, com cerca de 23 mil estudantes portugueses e três mil estrangeiros, os planos do reitor são de, em dois anos, passar de 12% para 20% a quota de alunos de outros países.

“Nós não temos razão para que Lisboa não seja uma cidade Erasmus”, disse o reitor, enumerando as qualidades da capital portuguesa: bonita e muito perto do mar.

A ambição de tornar Lisboa uma “cidade Erasmus”, com residências universitárias de qualidade, é partilhada pelos restantes reitores da capital e pelo presidente do município, António Costa.

O projeto da residência na Ajuda está orçado em quatro a cinco milhões de euros e resulta de uma permuta de terrenos com a CML.A universidade está ainda a desenvolver contactos com a banca para financiar parte do projeto, mas acredita que pode estar pronto no ano letivo 2012/2013.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub