Cultura

Urso de Ouro para Turquia

O filme turco "Honey", última parte da trilogia de um poeta cuja história é contada da idade adulta até à infância, venceu ontem à noite em Berlim o prestigiado Urso de Ouro.
Versão para impressão

O filme turco “Honey”, última parte da trilogia de um poeta cuja história é contada da idade adulta até à infância, venceu ontem à noite em Berlim o prestigiado Urso de Ouro.

No novo trabalho, Semih Kaplanoglu conta a infância de Yusuf (assim se chama a personagem) que tem 6 anos, está na escola e começa a aprender a ler e a escrever. O seu pai, que é apicultor, percorre com o filho uma floresta que é uma lenda para Yusuf, espaço assombrado que trará à criança sonhos premonitórios e uma provação terrível.

“Honey” é uma parábola da infância e dos seus segredos. A aventura da trilogia começou com “Egg”, exibido em Cannes 2007. “Milk” competiu em Veneza 2008. “Honey” conclui agora a história e oferece o ouro a Kaplanoglu.

Kaplanoglu foi dos poucos cineastas que conseguiu colocar três filmes consecutivos nos três festivais de cinema mais importantes do mundo.

O Urso de Prata do Grande Prémio do Júri foi para a primeira obra do romeno Florin Serban, “If I Want to Whistle, I Whistle”, história de um jovem recluso que está prestes a sair da cadeia. Os seus problemas aumentam com o regresso inesperado da mãe e a preocupação com o irmão mais novo.

Roman Polanski, que foi destacado na edição de hoje do Actual, não pode estar em Berlim por continuar detido na Suiça, mas ganhou um Urso de Prata para Melhor Realizador, por “The Ghost Writer.”

“Caterpillar”, de Koji Wakamatsu, ofereceu à extraordinária atriz nipónoca Shinobu Terajima a oportunidade de uma interpretação que lhe mereceu o Urso de Prata para Melhor Atriz.

Na categoria masculina, o Urso de Prata para Melhor Ator foi atribuido ex-aequo à dupla russa Grigori Dobrygin e Sergei Puskepalis, atores de “How I Ended This Summer”, de Alexei Popogrebsky. O mesmo filme valeu ao diretor de fotografia Pavel Kostomarov o Urso de Prata para Melhor Contribuição Artística.

Finalmente, o Urso de Prata para Melhor Argumento distinguiu o filme de abertura do festival, “Apart Together”, de Wang Quan’an. O realizador chinês co-assinou o guião com Na Jin.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório