Sociedade

Universidade Aberta distinguida pela Comissão Europeia

No final de Dezembro de 2013, a Universidade Aberta, em Portugal, foi distinguida com o Selo de Qualidade da Comissão Europeia. Numa homenagem conferida às instituições de ensino superior que aplicam o Suplemento ao Diploma de forma rigorosa e gratui
Versão para impressão
No final de Dezembro de 2013, a Universidade Aberta, em Portugal, foi distinguida com o Selo de Qualidade da Comissão Europeia. Numa homenagem conferida às instituições de ensino superior que aplicam o Suplemento ao Diploma de forma rigorosa e gratuita, o mesmo é válido para o período entre 2013 e 2016. 
 
As diretrizes de Bolonha têm vindo a ser seguidas pela Universidade Aberta desde 2008, com especial enfoque sobre a aplicação do Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos (ECTS) e a emissão gratuita de Suplementos ao Diploma bilingues (português e inglês).
 
O Suplemento ao Diploma é um documento complementar do diploma, conferido no final de um programa de estudos, com a descrição do sistema de ensino superior do país de origem do diploma, a caracterização da instituição que ministrou o ensino e conferiu o diploma e ainda informação detalhada sobre a formação realizada, os seus objetivos e resultados obtidos. 
 
O mesmo prevê, de igual forma, a menção de atividades extracurriculares desenvolvidas em paralelo com o percurso académico (como, por exemplo, o desempenho de funções de natureza associativa, atividades culturais ou editoriais e a participação em períodos de mobilidade). 
 
A estrutura segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europeu e pela UNESCO/CEPES e tem por objetivo fornecer dados independentes e suficientes para melhorar a transparência internacional e o reconhecimento académico e profissional equitativo das qualificações (diplomas, graus, certificados, etc.).
 
No âmbito das recomendações da Declaração de Bolonha, o Suplemento ao Diploma é um dos instrumentos fundamentais na avaliação das competências dos diplomados – a nível de transparência e reconhecimento das suas qualificações para fins académicos e profissionais -facilitando a sua mobilidade e empregabilidade. 
 
O processo implica a apresentação de candidatura e subsequente avaliação por uma comissão de peritos independentes. Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a instituição refere que a presente distinção resulta da aposta que a Universidade Aberta fez na qualidade e no fortalecimento da sua estratégia de internacionalização, vindo reconhecer o trabalho desenvolvido no que respeita a valorização nacional e internacional da formação dos seus estudantes.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub