Ciência

UMinho: Investigadora portuguesa distinguida nos EUA

NULL
Versão para impressão
Margarida Machado, mestre em Engenharia Biomédica e investigadora da Universidade do Minho, foi distinguida, em Washington, nos Estados Unidos, com o prémio de melhor artigo científico na “8th International Conference on Multibody Systems, Nonlinear Dynamics and Control”, revelou a universidade portuguesa.

A investigação premiada, “A novel continuos contact force model for multibody dynamics” insere-se na categoria “Student Paper Competition”. O trabalho português foi considerado o melhor, de entre quatro candidatos, sendo os restantes provenientes de três instituições norte-americanas.

O trabalho de Margarida Machado apresenta uma nova formulação matemática que permite estudar o contacto entre materiais com elevado grau de amortecimento, nomeadamente os existentes em joelhos e ancas naturais e artificiais.

O estudo português pode, no futuro, contribuir para a realização de tratamentos que atrasem o desgaste da cartilagem e, assim, evitar a necessidade de um implante.

A atribuição dos prémios, patrocinada pela American Society of Mechanical Engineers (ASME), realizou-se entre os dias 28 e 31 de agosto.

Margarida Machado é estudante de doutoramento em Engenharia Biomédica no
CT2M, sob orientação do professor Paulo Flores, do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho.

[Notícia sugerida por Teresa Teixeira e Ana Guerreiro Pereira]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório