Educação e Formação Em Destaque

UMinho está entre as 50 universidades mais sustentáveis do mundo

É a melhor portuguesa de sempre, a segunda ibérica e a 48ª do mundo, segundo o novo ranking da GreenMetric
Versão para impressão
por redação

A Universidade do Minho teve o melhor resultado de sempre de uma instituição portuguesa no “UI GreenMetric World University Rankings 2017”, que avalia os índices de sustentabilidade ambiental das academias de todo o mundo. A UMinho surge como a primeira do país, segunda da Península Ibérica, 23ª da Europa e 48º no mundo. Nesta primeira vez que concorreu, conseguiu a melhor marca para Portugal em oito edições do ranking e chega mesmo ao top 10 mundial na categoria “Educação para a sustentabilidade”.

O país está ainda representado na lista geral deste ano pela Universidade de Aveiro (413º lugar) e pelo Instituto Politécnico de Santarém (539º), entre 616 instituições de 74 países. O pódio inclui as universidades de Wageningen (Holanda), Nottingham (Reino Unido) e Califórnia Davis (EUA). Há cinco academias britânicas no top 10.

“A UMinho está comprometida a criar uma estratégia de liderança universitária a nível global na sustentabilidade, construindo uma comunidade mais saudável, vibrante, participativa”, diz o reitor Rui Vieira de Castro.

Acrescenta que as instituições de ensino superior têm “uma responsabilidade adicional” na sustentabilidade, que tem sido considerada “a única solução para os desafios globais”, segundo entidades como a ONU, o Fórum Económico Mundial e o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável. Para o coordenador da candidatura da UMinho e então pró-reitor, Paulo Ramísio, os resultados mostram que “a sustentabilidade é uma marca identitária desta instituição e abraçada por todos, num compromisso ativo para um futuro melhor”.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub