Inovação e Tecnologia

UMinho cria reator “único” para águas residuais

Cinco investigadores da Universidade do Minho (UM), em Braga, criaram um reator "único a nível mundial", que permite o tratamento de águas residuais com elevado teor de gordura. A invenção, entretanto patenteada, foi esta semana cedida por contrato à
Versão para impressão
Cinco investigadores da Universidade do Minho (UM), em Braga, criaram um reator “único a nível mundial”, que permite o tratamento de águas residuais com elevado teor de gordura. A invenção, entretanto patenteada, foi esta semana cedida por contrato à Ambisys, uma spin-off da UM.

 A invenção pode ser aplicada a uma vasta área de indústrias como matadouros, lacticínios, transformação de peixe, lagares de azeite ou refinarias de óleos.

“A grande novidade é que este reator consegue tratar as águas industriais com alto teor de gordura, enquanto que todos os que existiam até agora removiam a gordura antes de tratar a água”, explicou à Lusa, Merijn Picavet, um dos autores do projeto.

A Ambisys passará, assim, a ter a exploração e comercialização directa do produto patenteado, através de uma licença que tem carácter exclusivo a nível mundial.

“Esta iniciativa acentua a abertura da universidade à indústria, a sua preocupação ambiental e a aposta na inovação tecnológica”, salienta, em comunicado, a UM.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório