Ambiente

Uma piscina onde crescem frutos, vegetais e animais

Uma família norte-americana decidiu converter a sua piscina avariada num ecossistema que lhes traz todo o tipo de alimentos, desde peixes a vegetais, passando por ovos e galinhas.
Versão para impressão
Uma família norte-americana decidiu converter uma piscina que não funcionava num ecossistema que lhes traz todo o tipo de alimentos, desde peixes a vegetais, passando por ovos e galinhas. O Garden Pool é mais eficiente do que a agricultura tradicional e está a ganhar novos adeptos a cada dia que passa.

por Andreia Duarte

O norte-americano Dennis McClung explicou ao Boas Notícias que esta ideia surgiu em 2009, quando a família comprou uma casa em Mesa, no Arizona, com uma piscina avariada. “Disseram-nos para a arranjarmos ou enchermos com terra, mas eu desenhei o projeto de uma estufa e convenci a  minha mulher a deixar-me construí-la”, conta Dennis.

A estrutura da estufa ficou pronta em poucos dias mas, entretanto, a família McClung descobriu a aquaponia, uma técnica que combina o cultivo de plantas com a criação de peixes, pelo que introduziu esse sistema na estufa da piscina. Em pouco meses, conta Dennis, o Garden Pool transformou-se “num ecossistema autossuficiente, capaz de fornecer alimentos para toda a família”.


Garden Pool é mais fértil e poupa 90% de água

Neste jardim-piscina do Arizona, a fauna oferece os nutrientes necessários para o crescimento da flora – a partir de resíduos de peixes, animais, minhocas e larvas – pelo que não é necessário usar fertilizantes e o consumo de água é muito reduzido, cerca de 90% inferior ao da agricultura tradicional, já que aproveita as águas da chuva que depois são recicladas pelo próprio sistema.

Image and video hosting by TinyPic


Construído à base de madeiras e PVC, o Garden Pool teve um investimento inicial de cerca de 1.500 euros, que rapidamente foi recompensado pela qualidade e pelo baixo custo dos alimentos. “Além da alimentação ficar mais barata, o Garden Pool representa, também, qualidade de vida. Todos os dias temos comida fresca e deliciosa, livre de químicos”, explica Dennis McClung ao Boas Notícias.

Vários animais e 50 variedades de plantas
 

Todos os dias a família McClung dispensa, pelo menos, uma hora para cuidar das plantas e da criação que têm no jardim, entre galinhas, codornizes, cabras e mais de 50 variedades de plantas e vegetais – como batatas, milho, pepinos, melões, árvores de frutos, entre outros.
 
Este projeto começou a difundir-se em várias partes do mundo e a inspirar outras famílias quando, em 2010, Dennis decidiu criar um blogue e colocar um vídeo no Youtube. “O vídeo tornou-se viral e muitas pessoas visitaram o blogue para procurar mais informação”, salienta. 

“Estão a construir sistemas semelhantes em todo o lado, recebemos emails de todo o mundo”, conta Dennis, salientando que para fazer um Garden Pool “não é necessário ter uma piscina, o mesmo método pode ser aplicado, por exemplo, em lagos”.
 

Dennis conta que até já foi contactado por profissionais ligados à indústria aeroespacial “porque este é um sistema fechado que pode ser implementado nessa área”. 

Garden Pool em missão no Haiti 
 

Image and video hosting by TinyPic

Além de cuidar do seu jardim-piscina, Dennis, de 33 anos, é presidente da organização sem fins lucrativos que a família fundou, a associação Garden Pool, com o objetivo de procurar inovar e difundir conhecimentos sobre aquaponia, agricultura e horticultura, nomeadamente através de palestras e oficinas que muitas vezes são transmitidas em direto pela internet. 

Uma das próximas iniciativas da associação vai decorrer este Verão, no Haiti, com o objetivo de transformar a velha piscina de uma clínica local num Garden Pool. A associação está neste momento a recolher donativos para apoiar este projeto que vai beneficiar cerca de 30 famílias.

Dennis não hesita em recomendar esta técnica e garante que a vida da sua família mudou para melhor. “Conheci várias pessoas dentro da comunidade que criámos e já temos um grupo local com 575 membros que nos ajuda a fazer coisas espetaculares. Além disso, a minha saúde melhorou e os meus filhos adoram a comida que consomem”, conclui.

[Artigo sugerido por Maria Sofia]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub